Conselho de Ética quer julgar Demóstenes antes do recesso

O processo de quebra de decoro parlamentar contra o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) deve ser finalizado pelo Conselho de Ética antes do início do recesso parlamentar, previsto para o dia 18 de junho. A avaliação é do presidente do conselho, Antonio Carlos Valadares (PSB-SE).

O procedimento foi iniciado hoje (8) com a aprovação, por unanimidade, do relatório apresentado pelo senador Humberto Costa (PT-PE). Valadares marcou para a próxima quinta-feira (10) reunião para aprovar a convocação das testemunhas, tanto de acusação quanto de defesa do senador Demóstenes.

Ao final dos trabalhos do conselho, caso o relator peça a cassação de Demóstenes, o parecer precisará ser aprovado pelo Conselho de Ética e, depois, pela Comissão de Constituição e Justiça, antes de seguir para o plenário do Senado. Demóstenes só perderá o mandato se o pedido de cassação for aprovado, em votação secreta, por 41 dos 81 senadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias