Comissão aprova reajuste para Juízes

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara aprovou nesta quarta-feira o aumento nos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Procurador Geral da República, mas o forte lobby feito por magistrados para garantir um aumento maior não funcionou.

O projeto aprovado pela comissão garantiu um reajuste de 15,8% nos salários dos ministros, divididos em três anos.
Se aprovado no plenário da Câmara e depois no Senado até o final deste ano os salários sobem de R$ 26,723,13 mil para R$ 28.059,29 mil em janeiro de 2013.

Em 2015, o salário dos ministros do STF será de R$ 30,9 mil. O aumento nos salários dos ministros do STF repercute também nos salários dos demais integrantes da magistratura, assim como o do procurador-geral em relação aos demais procuradores.

Os magistrados queriam um aumento maior do que o garantido pelo Executivo, num total de 5% ao ano nos próximos três anos. Os magistrados queriam um reajuste de 7,12% em janeiro de 2013.

O presidente da comissão e relator do projeto, deputado Antonio Andrade (PMDB-MG), afirmou que houve ampla negociação entre o governo e os parlamentares, que permitiu, finalmente, a votação da proposta na comissão.

O projeto de aumento dos ministros do STF e também o do Ministério Público foram enviados ao Congresso em 2010.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias