Com a palavra, o IDEMA!

Se o Idema fizer uma boa vistoria na lagoa de captação do Centro Administrativo, pode acabar tendo que multar o próprio governo de Fátima Bezerra. Localizada ao lado da BR 101, essa lagoa vem recebendo resíduos de esgotos e águas servidas desde 2014.

Enquanto o governo faz vista grossa, a população sofre as consequências. A situação é um verdadeiro paradoxo: o órgão ambiental, que deveria zelar pelo meio ambiente, permitindo a continuidade de um problema que ocorre literalmente debaixo de seu nariz.

A falta de ação é notável. O Idema, tão pronto a atuar em outras frentes, precisa urgentemente dar uma resposta à população sobre essa questão. Se fossem outros responsáveis, já teriam sido multados e obrigados a corrigir a situação.

A pergunta que fica é: quando veremos uma postura firme e uma solução definitiva para a lagoa de captação do Centro Administrativo? É hora de agir com a mesma rigidez aplicada a outros casos e mostrar que a lei é para todos, sem exceções.

Uma resposta

  1. O rio Piranhas é a caixa d’água de milhares de pessoas. Mas essa dádiva é poluída irresponsavelmente e descaradamente. Por que, hein, IDEMA?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias