Centrão barra eleição em novembro

vai ser fácil a Câmara aprovar a mudança da data da eleição tão fácil e de forma tão rápida como se deu no Senado, que já deu o seu aval, em dois turnos, num único dia de votação, para o primeiro turno em 15 de novembro e o segundo turno em 29 de novembro.

Com raríssimas exceções, os senadores fizeram o jogo do presidente da Casa, David Alcolumbre (DEM-AP), que agiu para agradar ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Roberto Barroso, que também continua batendo ponto no Supremo Tribunal Federal.

Pressionado por prefeitos, o bloco conhecido como Centrão já anunciou que vai barrar o adiamento.  O deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP), vice-presidente da Câmara e um dos principais líderes do Centrão, já avisou ao presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) que não dará os votos necessários e que tem o aval do presidente Jair Bolsonaro nessa articulação. O discurso oficial dos parlamentares contrários à mudança é que nada garante que postergar o julgamento das urnas em 42 dias fará com que a pandemia seja controlada nesse período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Agora deu!

Está fixado em um dos postes da praia de Areia Preta (Natal) um display com a imagem de um jovem de Smoking. Significa o quê?

Leia Mais

Governo desiste de recriar a CPMF

Diante de reações negativas, a presidente Dilma Rousseff desistiu neste sábado (29) de propor a recriação da CPMF, o chamado imposto do cheque, para cobrir

Leia Mais

Isolda Dantas é um luxo só

A deputada estadual e pré-candidata a prefeita de Mossoró (RN) nas eleições municipais deste ano Isolda Dantas alugou uma mansão de Tibau para veranear. É

Leia Mais

Ela não!

Começou a ser montado o voto estratégico nas eleições deste ano para governador do Rio Grande do Norte. Vem aí surpresas a caminho na reta

Leia Mais