Penso, logo existo...

Categoria: Mundo

Equipe da Anvisa inicia inspeção na fábrica da Coronavac na China

A equipe da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) enviada à China iniciou, nesta segunda-feira (30/11), visita de inspeção à fábrica da vacina Coronavac. A missão vai avaliar se a farmacêutica segue normas internacionais de boas práticas, que são necessárias para a aprovação e registro do imunizante contra a Covid-19 no Brasil.

Os inspetores seguem uma agenda de trabalho que se estenderá até a próxima sexta-feira (4/12) na empresa Sinovac Life Sciences Co., fabricante dos insumos que serão utilizados pelo Instituto Butantan para a produção da vacina no país, caso a licença seja concedida.

Os técnicos embarcaram para a China há 17 dias e, antes de iniciarem a missão, cumpriram uma quarentena obrigatória para evitar que houvesse transmissão do vírus no território chinês caso alguém da equipe estivesse contaminado. Como parte do trabalho, os enviados também visitarão a farmacêutica Wuxi Biologics, que produzirá insumos para a vacina de Oxford.

METRÓPOLES

Covid-19: Moderna pedirá autorização para uso emergencial de vacina nos EUA

A farmacêutica norte-americana Moderna solicitará autorização para o uso emergencial da vacina contra o coronavírus nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pelo laboratório nesta segunda-feira (30/11).

Em nota, a empresa disse que finalizou os estudos primários da fase três da vacina, que garantiu 94,1% de eficácia. O estudo envolveu 30 mil participantes.

A Moderna entrará em contato com o Food and Drug Administrarion (FDA), departamento que regula questões relacionadas a medicamentos e vacinas nos Estados Unidos, para pedir que o imunizante seja autorizado.

A vacina está sendo produzida em parceria com o Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. Em nota, a diretora da Moderna, Stéphane Bancel, afirmou que a empresa está otimista com os resultados da fase três.

Médico de Maradona é investigado por homicídio culposo

A Justiça argentina ordenou uma busca na casa e na clínica do neurocirurgião Leopoldo Luque, médico do jogador Diego Maradona; ele é investigado por homicídio culposo.

Segundo a Procuradoria, o objetivo da busca é “procurar documentação para determinar se, durante a internação domiciliária de Maradona, houve irregularidades”.

O neurocirurgião é suspeito de negligência médica nos últimos dias de vida do ex-jogador.

Maradona recebeu alta hospitalar da clínica Olivos contra a vontade dos médicos da instituição, que recomendaram a Luque que o ex-jogador continuasse internado.

Na última quarta-feira, o ex-craque morreu em razão de um “edema agudo de pulmão e insuficiência cardíaca crônica”. Maradona estava em casa após ter recebido alta da clínica onde havia sido operado de um hematoma na cabeça seis dias antes.

Rússia começa a vacinar

A Rússia começou a vacinar seus militares contra o novo coronavírus, anunciou o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, nesta sexta-feira (27). O imunizante desenvolvido pelo país foi batizado de Sputnik V.

No total, mais de 400 mil soldados serão vacinados nesta campanha, lançada por determinação do presidente Vladimir Putin, disse Shoigu, citado no comunicado do Exército russo.

Até agora, mais de 2.500 militares foram vacinados. O número chegará a 80 mil até o final do ano, segundo a mesma fonte.

No início de setembro, o próprio ministro disse que se vacinou com a vacina russa Sputnik V, preparada pelo centro de pesquisas Gamaleya de Moscou, em parceria com o Ministério da Defesa.

Atualmente em ensaios clínicos de fase 3, a vacina russa é 95% eficaz, de acordo com seus criadores.

A Rússia, quarto país em número de infecções, atrás de Estados Unidos, Índia e Brasil, registrou novo recorde de 27.543 casos de contágio detectados em 24 horas, além de 496 mortes.

O país acumula 2.215.533 casos de Coronavírus desde o início da epidemia, com 38.558 óbitos.

‘Temos todas as evidências’ de vitória nas eleições, diz Trump para republicanos da Pensilvânia

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse em audiência pública com legisladores do seu partido que os republicanos “têm todas as evidências” de que ele venceu as eleições de 3 de novembro.

Trump falou com parlamentares do estado da Pensilvânia nesta quarta-feira (25) por telefone. Segundo o presidente, basta um juiz “sem opinião política” para constatar a validade de seus argumentos. 

“TEMOS QUE VIRAR A ELEIÇÃO. NÃO HÁ DÚVIDA DE QUE TEMOS TODAS AS EVIDÊNCIAS, TEMOS TODOS OS DEPOIMENTOS, TEMOS TUDO”, AFIRMOU TRUMP. “TUDO O QUE PRECISAMOS É QUE ALGUM JUIZ OUÇA CORRETAMENTE, SEM TER UMA OPINIÃO POLÍTICA OU OUTRO TIPO DE PROBLEMA”, ACRESCENTOU. 

Continue lendo

Dólar é cotado a R$ 5,4310 nesta terça-feira (24)

O valor do dólar na manhã desta terça-feira (24), está cotado no valor de R$ 5,4310. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,6757.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,43 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,7538. 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

Vacina obrigatória

De uma maneira ou de outra, a vacina contra a Covid-19 vai ser obrigatória.

A companhia aérea australiana Qantas anunciou que só vai autorizar o embarque em seus aviões de pessoas que tenham sido vacinadas.

O presidente da empresa disse:

“Estamos considerando mudar nossos termos de uso para viajantes internacionais, para dizer a eles que pediremos às pessoas que se vacinem antes de embarcarem no avião.”

Vai ser assim no mundo todo.

Rússia diz que vacina Sputnik V tem eficácia de 91,4% contra Covid-19

A vacina russa Sputnik V tem eficácia de 91,4%, segundo anúncio feito na manhã desta terça-feira (24/11) por representantes do governo russo e do Instituto Gamaleya, fabricante da vacina. A análise de fase 3 foi feita com 40 mil voluntários

Segundo os fabricantes, a vacina russa é aplicada em duas doses, com intervalo de 21 dias, e não apresenta efeitos colaterais significativos. Em fase dois, os russos tinham anunciado uma eficácia um pouco maior, acima de 95%. Os resultados não foram ainda publicados em revista científica.

Trump dá aval para que equipe de transição ‘faça o que for necessário’

Em manifestação no Twitter agora há pouco, Donald Trump chegou perto de finalmente admitir a derrota eleitoral para Joe Biden e recomendou que a equipe de transição “faça o que for necessário”.

Conforme Emily Murphy, a chefe da GSA –a agência federal que cuida de funções básicas do governo dos EUA –, enviou uma carta a Joe Biden dizendo que o órgão está pronto para iniciar o processo formal de transição.

O Antagonista

Lançamento de foguete chinês provoca clarão no céu e assusta pessoas

Algumas pessoas entraram em contato com o blogue do Xerife para saber o que causou um clarão no céu na noite desta segunda feira (23). O fenômeno foi visto em cidades de Pernambuco, Piauí, Ceará e Paraíba. Segundo o canal o canal Mistérios do Espaço, tudo se deu em razão do lançamento de um foguete chinês em direção à lua. Gases gerados pela queima do combustível provocam este efeito.

A explicação do na conta do Instagram do canal Mistérios do Espaço:

“No começo da noite desta segunda-feira, 23/11, uma enorme nuvem luminosa foi vista em diversos estados brasileiros. Trata-se do foguete Longa Marcha 5, lançado a partir da China às 17h25 em direção a Lua. O fenômeno é causado pela pluma de gases gerada através da queima do combustível, onde há o reflexo da luz do Sol e causando esse efeito lindo visto no céu!”.

Saiba mais clicando no link: https://www.instagram.com/p/CH8z_x8DTLm/?igshid=qvid9diy6kjx

Trump contra Covid-19

FDA, equivalente americano da Anvisa, concedeu neste sábado autorização de emergência para o tratamento experimental com anticorpos produzido pela Regeneron.

O medicamento foi dado ao presidente Donald Trump no mês passado, quando ele estava com Covid-19.

Chamada de REGN-COV2,  a terapia consiste em fornecer um coquetel de dois anticorpos monoclonais e foi projetada especificamente para bloquear a infecciosidade do vírus que causa a doença.

A eleição nos EUA não está definida, entenda o motivo

Em uma eleição, todos votam no mesmo dia e que tem mais voto ganha? Nos Estados Unidos, não necessariamente. Dezessete dias depois da votação, Joe Biden é considerado como presidente eleito, dadas as projeções e resultados divulgados, mas Donald Trump segue sem reconhecer o resultado.

Parte da confusão está no sistema eleitoral americano. Baseado em uma fórmula que favorece o federalismo, o papel de cada estado, o sistema transforma uma eleição em, na verdade, 50 votações diferentes.

Biden e Trump não entraram na disputa para ter mais votos entre os eleitores, mas sim para ganhar o Colégio Eleitoral, onde os delegados escolhidos nessas dezenas de votações se reúnem e decidem em definitivo o presidente.

Essa saga está prevista para acabar no dia da reunião do Colégio Eleitoral, marcada para 14 de dezembro deste ano. Até lá, o presidente Donald Trump segue investindo em recontagens que diminuam a vantagem de Biden

Vacina da Pfizer e BioNTech deverá ser autorizada no dia 10/12

Após receber das empresas Pfizer e BioNTech o pedido de autorização para uso emergencial da vacina contra a covid-19, a Food and Drugs Administration (FDA), agência que regula medicamentos e alimentos nos Estados Unidos (EUA), informou que a decisão sobre o aval ao imunizante deverá ser tomada a partir dia 10 de dezembro. Foi marcada para esta data uma reunião do comitê consultivo da FDA para vacinas e produtos biológicos associados para discutir o assunto.

Até lá, a FDA deverá analisar os documentos submetidos pelas farmacêuticas com os dados dos testes clínicos do produto. Nesta semana, as empresas anunciaram que o imunizante demonstrou 95% de eficácia na proteção da infecção por Covid-19.

“Esse período de tempo (entre o pedido de registro e a realização da reunião) permitira à FDA avaliar minuciosamente os dados e informações submetidas antes da reunião e estar preparada para uma discussão pública robusta com os membros do comitê consultivo”, disse o órgão, em nota.

Trump: “Não teria vacina se não fosse por mim”

Ao anunciar redução no preço de medicamentos hoje, Donald Trump acusou as farmacêuticas de postergar o anúncio de resultados positivos da vacina contra a Covid-19 para prejudicá-lo nas eleições.

“As farmacêuticas gastaram muito dinheiro nos anúncios contra mim, inclusive durante a eleição, que eu venci. A Pfizer e outras não teriam vacina se não fosse por mim. Se eu não tivesse os forçado”, disse.

“A Pfizer e outras decidiram divulgar os resultados depois das eleições, em vez dos planos originais de divulgar em outubro. Eles decidiram atrasar por causa do que estou fazendo agora”, afirmou.

PT está furioso com Obama porque ele falou mal de Lula. Obama tá muito preocupado… rsrsrs…

O pessoal do PT está furioso com o ex-presidente dos EUA Barack Obama porque este levantou suspeitas sobre a honestidade de Lula em seu livro, recém-lançado, sobre os oito anos que passou na Casa Branca.

O ex-chanceler Celso Amorim espinafrou o Obama, a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, idem. Agora o novo queridinho do PT é o republicano George W. Bush, outro ex-presidente americano.

O PT, aliás, vai apoiar o Psol de Guilherme Boulos no segundo turno da corrida pela prefeitura de São Paulo. Será a união da esquerda com a extrema esquerda. De modo geral, os partidos de centro estão anunciando apoio a Bruno Covas, do PSDB.

Nos EUA, Pfizer pede hoje autorização para vacina

A aliança entre as empresas Pfizer e BioNTech afirmou nesta manhã que apresentará ainda hoje um pedido de autorização da vacina contra Covid-19 à FDA, órgão semelhante à Anvisa nos Estados Unidos.

O pedido para uso emergencial da vacina era esperado desde quarta (18), quando a Pfizer anunciou que o imunizante tinha eficácia de 95%.

“Enviaremos nossa primeira solicitação aos EUA para a vacina contra Covid-19. Esperamos fornecer dados continuamente a várias autoridades regulatórias como parte de nosso processo de revisão contínua”, disse a BioNTech, nas Redes Sociais.

Diretor da OMS: Lockdowns na Europa são evitáveis e fechar escolas não é eficaz

Novos bloqueios na Europa são evitáveis, inclusive por meio do uso quase universal de máscaras, disse o diretor-chefe do escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) na Europa, Hans Kluge, nesta quinta-feira (19).

“Os lockdowns são evitáveis, mantenho minha posição de que os bloqueios são uma medida de último recurso. Se o uso da máscara atingir 95%, os bloqueios não serão necessários”, afirmou Kluge durante entrevista coletiva.

“As escolas primárias devem ser mantidas abertas”, disse ele, acrescentando que crianças e adolescentes não estão provocando a disseminação do novo Coronavírus conhecido como SARS-CoV-2 e o fechamento de escolas “não é eficaz”.

Papa curte foto de modelo brasileira no Instagram; Vaticano investiga

O Vaticano está investigando o uso da conta do papa Francisco, após a conta oficial do sacerdote dar uma curtida em uma publicação sexy da modelo brasileira Natália Garibotto, popularmente conhecida como Nata Gata. As informações são da Catholic News Agency (CNA).

Na foto, a modelo aparece com um uniforme de estudante e uma calcinha fio-dental. A publicação foi descurtida em 14 de novembro, após o veículo pedir um posicionamento à Santa Sé. Um funcionário da assessoria de comunicação não quis comentar o episódio.

Continue lendo

Covid-19: segunda onda faz Nova York fechar escolas públicas

O prefeito de Nova YorkBill de Blasio, decretou nesta quarta-feira (18) o fechamento das escolas públicas para conter a segunda onda da Covid-19 na cidade americana. A medida vigora já a partir de amanhã (19).

Segundo a prefeitura, as aulas continuarão a ser oferecidas de maneira remota, e os alunos da rede pública de Nova York –cujo ano letivo começou há pouco mais de dois meses– receberão tablets para poder acompanhá-las.

De Blasio disse ainda que a cidade está preparada para “lutar contra uma segunda onda da Covid-19”.

Pronto! Mais uma propaganda para vender enxaguantes bucais

Enxaguantes bucais podem matar o Coronavírus em 30 segundos, revela um novo estudo realizado em cima de testes de laboratório.

Embora a pesquisa sugira que o uso do produto pode ajudar a matar o vírus na saliva, não há evidências de que ele possa ser usado como um tratamento para o Coronavírus, uma vez que não alcança o trato respiratório ou os pulmões.

Pfizer e BioNTech esperam produzir 50 milhões de doses de vacina em 2020 e até 1,3 bilhão em 2021

Em comunicado à imprensa, os laboratórios Pfizer e BioNTech informam que a conclusão do estudo que confirmou a eficácia de 95% da vacina será encaminhada à FDA, agência regulatória americana, nos próximos dias. Os dados também serão compartilhados com outras agências em todo o mundo.

As empresas esperam produzir globalmente até 50 milhões de doses de vacina em 2020 e até 1,3 bilhão de doses até o final de 2021.

“A análise demonstra que a vacina BNT162b2 é 95% eficaz na prevenção da Covid-19 com início 28 dias após a primeira dose. Já a eficácia observada em adultos com mais de 65 anos de idade foi superior a 94%.”

Filha de Biden é maconheira

Hunter Biden não é o único filho do democrata Joe Biden a ter problemas com drogas, é isso que indica o passado da única filha mulher de Biden, Ashley Blazer, de 39 anos, que já se envolveu em problemas com entorpecentes no passado e chegou até a ser presa por porte de maconha enquanto estava na faculdade.

Ashley, que nasceu em Wilmington, maior cidade do estado de Delaware, é fruto do relacionamento de Joe com Jill Biden, com quem o político se casou em 1977. Ashley foi presa em Chicago, em 2002, por obstrução de autoridade, conforme relatado pelo Chicago Tribune à época.

Continue lendo

Pfizer testará distribuição de vacina contra a Covid-19 em 4 estados dos EUA

A farmacêutica Pfizer anunciou, nesta segunda-feira (16), que testará a distribuição de sua vacina candidata contra o novo Coronavírus em quatro estados dos EUA: Rhode Island, Texas, Novo México e Tennessee.

A farmacêutica Pfizer anunciou, nesta segunda-feira (16), que testará a distribuição de sua vacina candidata contra o novo coronavírus em quatro estados dos EUA: Rhode Island, Texas, Novo México e Tennessee.

Protestos: Parem o roubo!

Vários protestos foram convocados por apoiadores do presidente Donald Trump em Washington D.C., capital dos Estados Unidos, neste sábado (14).

Entre os atos podemos citar o “Parem o Roubo”, “Marcha para Trump” e “Marcha dos Milhões MAGA”.

As manifestações estão programadas para começar na Praça da Liberdade por volta do meio-dia de sábado, de acordo com várias publicações nas redes sociais.

O prefeito de Washington D.C., Muriel Bowser, e o Departamento de Polícia Metropolitana dizem que estão monitorando os eventos, mas não forneceram uma estimativa da multidão.

Os organizadores dos atos afirmam que o evento é uma forma de protestar contra as denúncias de fraudes na eleição presidencial dos EUA. Eles também falam em “mostrar apoio ao nosso presidente” e “exigir uma eleição livre e justa”.

Biden vence pelo mesmo placar de Trump em 2016

Como publicamos, o placar projetado no Colégio Eleitoral é de Biden 306 x Trump 232.

É exatamente o mesmo placar ao fim da eleição de 2016, apenas invertido: Trump 306 x Clinton 232.

Em relação à eleição passada, Biden tirou de Trump três estados importantes da chamada ‘Muralha Azul’: Wisconsin, Michigan e Pensilvânia, que juntos valem 46 votos. Biden mencionou essa ‘muralha’ em discurso na noite de sexta (6): “Reconstruímos a Muralha Azul”.

Tramp ganha decisão judicial na Pensilvânia e votos atrasados serão descartados

A juíza Mary Hannah Leavitt, da Pensilvânia, decidiu nessa quinta-feira (12) a favor da campanha do presidente Donald Trump, determinando que as cédulas que chegaram atrasadas não devem ser contadas e que a secretária de Estado da Pensilvânia, Kathy Boockvar, não tinha autoridade para emitir a orientação.

“O Tribunal conclui que a Requerida Kathy Boockvar, em sua capacidade oficial como Secretária da Commonwealth, não tinha autoridade estatutária para emitir a orientação de 1º de novembro de 2020 para as Juntas Eleitorais do Condado de Requeridos, na medida em que essa orientação pretendia alterar o prazo […] para certos eleitores”, escreveu a juíza Mary Hannah Leavitt em seu parecer.

A democrata, apresentou orientação dizendo que a prova de identificação pode ser fornecida para votação até 12 de novembro.

A lei estadual estipula que os eleitores têm até 9 de novembro para lidar com problemas relacionados à falta de prova de identificação.3

Continue lendo

Empresa de aviação oferecerá ‘seguro Covid’ grátis em viagens para EUA e Europa

A Azul oferecerá assistência financeira gratuita aos passageiros que receberem diagnóstico positivo para o Coronavírus durante viagens. O “seguro Covid-19” estará disponível para brasileiros que tenham comprado passagens para destinos na Europa e nos Estados Unidos como destino no período até o próximo dia 31 de janeiro.

O benefício terá validade de 31 dias, a partir da data de embarque, e ficará disponível apenas enquanto o passageiro estiver fora. Para usufruir do seguro Covid, as passagens devem ter sido compradas dentro do período estabelecido – de ontem até o fim de janeiro.

Estrangeiros que vierem ao Brasil, nestas datas, também poderão contar com a cobertura do seguro. O serviço é oferecido em parceria com a Assist Card. Cobre assistência médica de até US$ 150 mil, reembolso com despesas de hospedagem ou alimentação para extensão de viagem de até US$ 3 mil e cobertura para a realização de testes de até US$ 1 mil (desde que com orientação médica).

Continue lendo

OMS: “O vírus não mudou significativamente”

Em discurso no Fórum da Paz de Paris, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, disse que hoje que os países europeus “estão lutando” contra a Covid-19.

“O vírus não mudou significativamente, nem as medidas para preveni-lo.”

Ele também repetiu que “podemos estar cansados da Covid-19, mas o vírus não está cansado de nós”.

Casa Branca ordena que governo dos EUA prepare orçamento para novo mandato de Trump

A Casa Branca instruiu as agências federais americanas a continuar preparando a proposta de orçamento para o próximo ano fiscal, segundo o jornal “The Washington Post”, o que mostra que o governo Trump segue se recusando a reconhecer a derrota nas eleições para o democrata Joe Biden.

O ano fiscal americano começa no quarto trimestre de 2021 e avança para 2022, e a proposta de orçamento precisa ser enviada ao Congresso até fevereiro.

Como o próximo mandato começa em 20 de janeiro, o futuro governo tem tempo hábil para preparar o documento e enviá-lo ao Congresso. Mas a atual administração segue agindo como se o republicano Donald Trump sido reeleita.

Governo da Geórgia anuncia recontagem manual de votos

O estado da Geórgia, nos Estados Unidos, anunciou que irá realizar a recontagem manual de votos referente às eleições presidenciais americanas, onde o democrata e eleito presidente de 2021, Joe Biden, possui vantagem de 49,5% dos votos.

A decisão atende pedido da campanha do republicano Donald Trump, que alegou suposta irregularidade na contagem de votos no estado.

Segundo o secretário estadual Brad Raffensperger, afirmou, em coletiva, que em período eleitoral, caso a diferença entre os candidatos seja menor do que 0,5 ponto percentual, é possível pedir a recontagem. O prazo para recontagem será até o dia 20 de novembro.

Carteiro admite que seu chefe adulterou cédulas na Pensilvânia

Richard Hopkins, um carteiro de Erie, Pensilvânia, acusou seu chefe de instruir os funcionários a pegar e trazer as cédulas recebidas após o dia da eleição. Hopkins disse que ouviu seu chefe discutindo sobre carimbos de data anterior para fazer as cédulas parecerem ter sido coletadas em 3 de novembro, em vez de 4 de novembro ou depois.

Para que as cédulas fossem elegíveis no estado, elas precisavam ser postadas até o dia da eleição.

Donald Trump vence na Ca­ro­lina do Norte; disputa ainda segue em outros estados

Uma pro­jeção feita na terça-feira (10) aponta para a vi­tória do pre­si­dente Do­nald Trump no es­tado da Ca­ro­lina do Norte nas elei­ções de 2020, con­quis­tando assim os 15 votos per­ten­centes ao co­légio elei­toral do es­tado. Isto confirma que o resultado final das eleições ainda estão em aberto.

A or­ga­ni­zação local das elei­ções pro­jetou também que o se­nador re­pu­bli­cano Thom Tillis, venceu o de­sa­fi­ante de­mo­crata Cal Cun­ningham, o que dará aos re­pu­bli­canos um total 49 as­sentos no corpo de 100 mem­bros, fal­tando ainda fi­na­lizar três apu­ra­ções para o Se­nado ame­ri­cano.

Um (01) óbito nas últimas 24 por Covid-19 no RN

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do Coronavírus nesta quarta-feira (11). Os casos confirmados somam 82.953, sendo 92 novos em comparação com o último boletim, quando eram 82.861.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 2.610 no total. Um (01) óbito nas últimas 24, e outras duas após confirmação de exames de dias anteriores.

Há 377 mortes em investigação.

Casos suspeitos somam 38.949 e descartados 200.837. Recuperados são 46.612.

Lugares fechados respondem por 80% dos casos de Covid-19 nos EUA

Restaurantes, academias, cafés e outros locais fechados com aglomerações respondem por cerca de 8 das 10 infecções pelo novo Coronavírus nos primeiros meses da epidemia nos Estados Unidos, segundo novo estudo publicado na Nature nesta terça-feira (10).

O estudo usou dados de mobilidade de celulares de 10 regiões metropolitanas dos EUA de 1º março a 2 de maio. Segundo a pesquisa, esses comércios e serviços são mais lotados nos bairros de baixa renda, ajudando a explicar porque as áreas mais pobres são mais atingidas pela epidemia. Além disso, em média os residentes das áreas mais pobres se deslocam mais.

As regiões pesquisadas foram Atlanta, Chicago, Dallas, Filadélfia, Houston, Los Angeles, Miami, Nova York, São Francisco e Washington D.C.

Empresa de projeção americana tira Pensilvânia de Biden e mostra que Trump pode vencer

A Real Clear Politics retirou o estado da Pensilvânia de Joe Biden, que até então era dado como certo para o candidato do Partido Democrata.

Por conta disso, a projeção do RCP é de 214 votos eleitorais para Trump e 259 para Biden. Um dos candidatos precisa atingir a marca dos 270 delegados necessários para ser considerado eleito.

Até 21h40 (horário de Brasília) desta segunda-feira, a informação já estava fixada e atualizada por portal da RCP.

Urgente: Anvisa suspende testes da Coronavac

A Anvisa determinou a interrupção do estudo clínico da vacina Coronavac.

Segundo a agência, a medida é consequência da ocorrência de um “evento adverso grave”, que pode incluir morte, risco imediato de morte, incapacidade ou invalidez, internação hospitalar, anomalia, transmissão da doença ou “evento clinicamente significante”.

Segundo a CBN, a interrupção foi causada pela morte de um voluntário brasileiro que não tinha a Covid-19. Ainda conforme a rádio, não se sabe exatamente por que ele morreu, mas a agência vai formar um comitê para analisar o caso.

O Antagonista