Caso F. Gomes: Júri condena Dão e trabalhos são encerrados em Caicó

Encerrado os trabalhos no plenário Siloé Capuxu do Fórum Amaro Cavalcante, em Caicó. Conforme o blogue adiantou, o mototaxista João Francisco dos Santos, Dão, foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado por ter matado o radialista Francisco Gomes de Medeiros, F.Gomes, em outubro de 2010.

Dão confessou que matou o radialista F. Gomes a tiros. Além dele, são réus o advogado Rivaldo Dantas de Farias, o ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, o tenente-coronel Marcos Antônio de Jesus Moreira, o soldado da Polícia Militar Evandro Medeiros e o comerciante Lailson Lopes, conhecido como “Gordo da Rodoviária”, que teve o júri adiado. Não há data para o julgamento dos demais.

dao juri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias