Canguaretama: MP investiga suposta irregularidade em concurso público

concursos1O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Canguaretama, instaurou Inquérito Civil de nº 025/2013-PmJCC, para investigar o Município de Canguaretama e a Acaplam – Consultoria e Assessoria Técnica a Estados e Municípios Ltda, com o objetivo de apurar suposta irregularidade na avaliação de títulos e escolaridade de candidatos que prestaram concurso público realizado em 2011.

A suspeita é que o concurso regido pelo Edital nº 001/2011 possua irregularidades em relação aos cargos de professor de ensino religioso, professor de inglês e psicólogo.

A Promotoria de Justiça pede à Prefeitura Municipal, no prazo de quinze dias, a relação dos candidatos aprovados nos respectivos cargos, com nomeação e posse, além da lista de documentos apresentados pelos candidatos nomeados.

À consultoria Acaplam pede-se, no mesmo prazo, o envio de cópia dos gabaritos e títulos apresentados, bem como a respectiva avaliação da prova escrita e da prova de títulos do concurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias