Campanha de Hermano gastou R$ 5 milhões a mais que Carlos Eduardo

O Jornal de Hoje destaca que o deputado estadual Hermano Morais, do PMDB, não pode dizer que quando foi o candidato do PMDB sofreu com a falta de recursos e investimentos por parte do partido. Afinal, a campanha dele arrecadou, e muito, para a disputa. Mais até do que o previsto, quando registrou sua candidatura junto à Justiça Eleitoral. Se pretendia gastar até, no máximo, R$ 4 milhões, Hermano Morais saiu do controle. Usou o dobro. Mais precisamente R$ 8.209.095,64, conforme relatou na prestação de contas divulgada nesta quinta-feira, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por sinal, Hermano não gastou somente o dobro do que pretendia quando começou a campanha eleitoral. Gastou quase três vezes mais que o seu adversário, Carlos Eduardo Alves, do PDT, que acabou se sagrando o vencedor do pleito em Natal. O prefeito eleito arrecadou R$ 3.086.319,50, ou seja, ficou quase R$ 1 milhão abaixo do seu teto previsto no início da campanha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias