Câmara discutiu situação dos catadores de materiais recicláveis de Caicó

catadores camara

A Câmara Municipal de Caicó realizou na noite desta sexta-feira (20) uma audiência pública, para discutir a situação dos catadores de materiais recicláveis de Caicó, depois da implantação do Projeto Coleta Seletiva, através da parceria Prefeitura e Cáritas Diocesana, além da criação da Associação dos Catadores no município. Além dos vereadores José Rangel, Leleu Fontes, Rubão Germano e Mancuso, a audiência contou com secretários municipais, representantes da Cáritas Diocesana, e os próprios catadores. “Hoje sou feliz porque consegui a capacitação para o meu trabalho, conheci cidades através das viagens que fizemos para criar nossa associação. Antes, eu vivia embriagado, não era uma pessoa feliz, mas graças ao meu trabalho e a ajuda que encontramos, hoje recuperei minha dignidade”, disse Alcides Belarmino, presidente da Associação.

A associação conta com 17 associados, e nestes oito meses de funcionamento do Projeto Coleta Seletiva, já foram mais de 100 toneladas de materiais recicláveis recolhidos nas residências dos bairros Paraíba, Centro, Castelo Branco. “Agora em junho já estamos iniciando a coleta nos bairros Canutos e Filhos, e uma parte da Boa Passagem”, disse Joseilson Ferreira, articulador da Cáritas Diocesana.

Para a Cáritas, os desafios dos que sobrevivem da coleta em Caicó ainda são um galpão próprio para a associação, a ampliação da renda, logística de transporte e o processo de conscientização da própria população, que ainda não entendeu a importância do Projeto. Por sinal, foi o percentual de renda, considerado por alguns catadores ainda pequeno o principal tema que provocou a audiência. Para Joseilson, é um processo de transformação de cultura, e isso requer tempo, já que toda mudança demora. “É preciso ter um pouco de paciência, hoje eles trabalham em um ambiente digno, diferentemente de quando estavam no lixão. A renda é importante, mas também pensamos no bem estar deles, em politicas públicas para tirar os jovens das drogas, da bebida”, destacou Joseilson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias