Câmara de Caicó discute situação do lixão e matadouro

Sabiamente os vereadores caicoenses estão deixando as brigas pessoais de lado e, a partir de agora, cuidando mais dos interesses do povo. Na sessão desta segunda-feira (17), os parlamentares deram uma demonstração de cordialidade no debate sem o calor das paixões partidárias. Na pauta dos discursos o trânsito de Caicó, lixão e matadouro público.   

O vereador Paulo Roque (PR) solicitou a criação de uma comissão para visitar cidades com políticas voltadas para o trânsito, como Mossoró/RN e Patos/PB, e implantar as mudanças necessárias na cidade de Caicó. Foi aparteado por diversos colegas que, inclusive, sugeriram alternativas para os transportes alternativos que trazem passageiros das circunvizinhanças.

Com relação ao lixão e matadouro, os vereadores chegaram ao consenso que o seu fechamento está acarretando problemas sociais. Os marchantes, que precisam se esconder para abater os animais, e os dejetos jogados à margem das estradas e em zonas periféricas do município.

Leleu Fontes (PDT) sugeriu ao presidente da Casa, José Maria de Queiroz (PR), que assuma a atitude intransigente de defesa dos interesses de Caicó e do Seridó, lutando pela anulação das multas impostas pelo Ibama e Idema.

Mais uma reunião foi marcada para esta terça-feira (18), com a presença dos prefeitos, lideranças políticas, Ibama, Idema e Justiça, para tentar discutir, dentre outros temas, o Termo de Ajustamento de Conduta dos matadouros e a criação do consórcio para o aterro sanitário do Seridó.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias