Cachoeira: queda de Demóstenes pode ser pizza à CPI

Com a cassação, ontem, do mandato do senador Demóstenes Torres, a tendência do Congresso é apressar o fim da CPI do Cachoeira, informa o jornal Valor Econômico.

O Senado, pelo menos, considera que já cumpriu sua parte no escândalo político desencadeado por duas operações da Polícia Federal que investigaram o esquema criminoso do contraventor Carlos Augusto Ramos e sua infiltração no Congresso e nos governos estaduais e federal.

Os senadores entendem que esgotaram as providências que cabiam a eles: Demóstenes perdeu o mandato, ficou inelegível até 2030 e a Casa deu uma resposta à opinião pública.

A CPI tornou-se um incômodo para os partidos, mas para os políticos é difícil declarar encerrada a investigação sem um bom pretexto. A Comissão já convocou o empresário Fernando Cavendish, um dos sócios da Delta Construções, mas é pequena a expectativa em relação a seu depoimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias