Penso, logo existo...

Suspeita de laranjal: mais de 6 mil mulheres receberam um ou zero voto

Levantamento do Estadão mostra que, das 173 mil mulheres aptas a disputar o cargo de vereadora no domingo passado, 6.372 tiveram apenas um ou nenhum voto.

A ausência de votos levanta a suspeita de que as mulheres foram usadas como laranjas para que seus partidos pudessem driblar a lei das cotas femininas.

O jornal cita um exemplo suspeito em Vargem Grande Paulista, interior de São Paulo, onde a candidata Marjory Piva teve apenas um voto, mas recebeu R$ 17 mil do Republicanos.

PS: No RN o blogue do Xerife já divulgou a relação.


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *