Penso, logo existo...

Mão de obra cara no Brasil

Nesses tempos de Pandemia do Covid-19 a mão de obra está botando pra lascar. Um pedreiro está cobrando uma diária que varia de R$ 200 a R$ 250.

Ganha muito mais do que muitos jornalistas, advogados, professores e outras profoissões.

É muito melhor ser pedreiro. Até uma dia desse era R$ 80 a diária. Agora virou objeto de luxo.

Não só a diária do pedreiro, mas de outros prestadores de serviço. Até nisso estamos chegando perto dos EUA.

PS: Nada contra. O cara cobra e você paga se quiser. Eu não pago. Ajusto o preço.


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *