Bolsonaro sanciona lei das “barragens”

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta quarta-feira (30), uma lei que altera as regras de controle de barragens e prevê multas entre R$ 2 mil a R$ 1 bilhão para infratores. A lei deve ser publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (01).

O Projeto de Lei aumenta as exigências para as mineradoras e proíbe, por exemplo, o uso do mesmo tipo de barragem de Brumadinho (MG), que se rompeu em janeiro de 2019. Esse acidente provocou a morte de 259 pessoas e até hoje outras 11 continuam desaparecidas.

A proposta aprovada no Congresso também proíbe a construção de reservatórios pelo método de alteamento a montante, o mesmo usado em Brumadinho, em que a barragem vai crescendo em degraus, utilizando o próprio rejeito da mineração. Esse método de construção era bastante comum nos projetos de mineração iniciados, nas últimas décadas, porém é considerado uma opção menos segura, para os especialistas e mais sujeita a acidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

O ressurgimento do PMN potiguar

O nanico PMN, que já teve grande expressão quando comandado pelo governadora Robinson Faria, vai ressurgir no RN sob o comando do presidente da Câmara

Leia Mais

Deixa de frescura, Bibi!

O ex-prefeito de Caicó Bibi Costa ainda continua em cima do muro e não declarou apoio a nenhuma candidatura. Mas… Vai declarar. Pode aguardar. Se

Leia Mais