Nos Estados Unidos desde dezembro, Bolsonaro disse no domingo (5/3) que voltará ao Brasil na quarta-feira da semana que vem (15). O ex-presidente prepara um discurso a seus apoiadores para o dia do retorno. Ele será pautado, sobretudo, na comparação com Lula, a quem Bolsonaro quer se colocar como principal opositor.

O ex-presidente falará sobre aspectos da economia que considera positivos em sua gestão. Citará dados de geração de empregos e criticará medidas tomadas pela equipe econômica de Lula. A pauta de costumes também terá vez. Bolsonaro vai criticar o fato de Lula ter retirado o Brasil da declaração internacional contra o aborto.

Bolsonaro condenará a política desarmamentista do governo Lula e citará invasões a terras produtivas, pelo MST, após a posse do petista. Dirigentes do MST participaram ativamente da eleição de Lula, estiveram presentes em reuniões da equipe de transição e influenciaram na escolha do ministro do Desenvolvimento Agrário, deputado Paulo Teixeira.

Aliados estão preparados para uma mobilização de bolsonaristas para o dia do retorno. Imagens da recepção no Brasil deverão parar na rede social de Bolsonaro como demonstração de apoio.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias