Biden aprova pacote de US$ 1,9 trilhão para enfrentamento da Covid-19

Posse Joe Biden Estados Unidos2 600x400 1 Biden aprova pacote de US$ 1,9 trilhão para enfrentamento da Covid-19

Um pacote de medidas de enfrentamento à Covid-19 nos Estados Unidos, proposto à Câmara dos Deputados pelo presidente Joe Biden, foi aprovado neste sábado (27). O projeto prevê US$ 1,9 trilhão (R$ 10,5 trilhões) para famílias e pequenas empresas afetadas pela pandemia, além do reforço na distribuição de vacinas.

Na primeira vitória legislativa do democrata no mandato, o projeto foi aprovado por 219 votos a 212 e agora segue para o Senado. Os democratas, que são maioria na Câmara, planejam uma manobra legislativa para permitir que a aprovação no Senado ocorra sem o apoio dos republicanos, segundo a Folha.

Se aprovado, o plano permitirá a compra de vacinas e suprimentos médicos e financiará uma nova ajuda financeira de emergência para famílias, pequenas empresas e governos estaduais e locais, semelhante ao auxílio emergencial, no Brasil.

No auxílio do plano americano, os valores são de US$ 1.400 (R$ 7.741) para cada família, um seguro-desemprego de US$ 400 (R$ 2.211) por semana até o mês de agosto, além de ajuda a quem se encontra com dificuldades para pagar aluguéis e hipotecas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Flávio Azevedo deixa o governo…

… Vai concorrer as eleições da Confederação Nacional da Indústria (CNI) em Maio. Por isso… Mandou carta ao Governador Robinson Faria pedindo exoneração da secretaria

Leia Mais

Chegou o iPhone 5

  Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing de produto da Apple, apresenta o iPhone 5 Foram meses de especulações acerca do que, afinal de contas,

Leia Mais

Impeachment daria fôlego a Lula

Não! O blogue não endoidou. Pense comigo: sendo a presidente Dilma Rousseff afastada, o ex-presidente Lula ganhará discurso. Vai às ruas em 2018 pedir votos

Leia Mais