Base de Temer refuta condição para continuar no governo

O governo percebeu que terá dificuldade para contar com o apoio dos partidos da base no projeto de reeleger o presidente Michel Temer ou algum candidato do MDB. Dirigentes desas legendas não parecem querer permanecer à frente de ministérios se o preço da permanência for declarar apoio ao MDB.

Temer pretende conversar com os presidentes dos partidos para definir a situação. Marcos Pereira, do PRB, por exemplo, pediu uma audiência com Temer e espera encontra-lo até a semana que vem.

Enquanto isso, filiado à legenda desde os anos 1980, o deputado Arnaldo Faria de Sá (SP) disse a aliados que vai deixar o PTB e migrar para o PP. Há mais de um ano, o deputado vinha votando contra o partido e ignorando as orientações do presidente da legenda, Roberto Jefferson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias