Bancos temem estouro de cartões de crédito

Os bancos estão preocupados com a sua conta do cartão de crédito. Nas principais instituições do Brasil, os olhos estão voltados para a nova regra que aumentará o pagamento mínimo de 15% para 20% da fatura a partir de dezembro.

A novidade vai apertar o orçamento dos clientes que ignoram a recomendação dos economistas e empurram a maior parte da dívida para o mês seguinte. O temor maior é com janeiro de 2012, quando o cartão trará todas as compras do fim do ano e, sem o 13.º salário, clientes também terão gastos como matrícula e material escolar e impostos.

O Banco Central reconhece que a novidade reduz o espaço no orçamento das famílias. Em maio, quando entrou em vigor o primeiro aumento do pagamento mínimo – de 10% para 15% -, o comprometimento da renda familiar com dívidas aumentou rapidamente de 19,9% em maio para 21% em junho, o maior nível da história, conforme a nova metodologia de cálculo adotada pelo BC. Antes disso, o indicador permaneceu estacionado na casa dos 19% por mais de dois anos. Esse aumento do comprometimento da renda, reconhece a instituição, foi praticamente causado pelos 5% a mais no pagamento do cartão. Em dezembro, deve acontecer salto semelhante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Os votos em Bolsonaro

A pesquisa divulgada nesta semana pelo Instituto Paraná sobre a corrida presidencial mostrou que na faixa etária de 16 a 24 anos, Jair Bolsonaro tem

Leia Mais

STF arma uma crise

A Segunda Turma do STF vai levar o Brasil a um crise devastadora. Os ministros golpistas serão responsabilizados por suas decisões.

Leia Mais

Wilma quer distância de Rosalba

Pelo tom usado pela ex-governadora do Rio Grande do Norte e pré-candidata a senadora Wilma de Faria (PSB) a governadora Rosalba Ciarlini (PSB) deverá passar

Leia Mais