Aumento da microcefalia pode ser problema das estatísticas brasileiras

dengue_zikaEnquanto cientistas buscam novas provas de que o vírus causa a má-formação no cérebro de bebês, dois estudos levantam a possibilidade de o aumento de casos de microcefalia que estamos vendo agora ser provocado também por problemas nas estatísticas brasileiras.

Esses estudos feitos na Paraíba e em Pernambuco e publicados pela OMS, a Organização Mundial de Saúde, indicam que havia uma subnotificação dos casos de microcefalia antes da epidemia de zika. Ou seja, havia menos casos informados às autoridades.

Os pesquisadores da Paraíba, por exemplo, descobriram uma grande diferença entre o número de casos de microcefalia registrados em um estudo sobre doenças do coração em recém-nascidos e os notificados ao Ministério da Saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2022
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Categorias