Atrasos nas obras não preocupam Natal na caminhada rumo ao Mundial

Se fosse possível traduzir em uma única palavra o sentimento de Natal para o andamento dos preparativos para a copa do mundo de 2014, ela seria confiança. Mesmo com notícias de atrasos nas obras da Arena das Dunas, estádio da cidade para o Mundial, a organização está certa de que tudo ficará pronto a tempo. Segundo Rodrigo Cintra, Secretário Municipal da Juventude, do Esporte e Lazer e da Copa do Mundo de 2014, não há motivo para preocupação com o cumprimento dos prazos.

– Temos todos os recursos garantidos, e estamos em processo final de licitação para alguns pontos, como a Arena das Dunas. Mas tudo será concluído dentro dos prazos,e temos a certeza de que Natal cumprirá seu papel na Copa do Mundo com sucesso.

A preferência por abrigar algumas das principais seleções europeias, comum à maioria das sedes do Mundial de 2014, também aparece em Natal. Portugal, Espanha, Itália e Alemanha estão entre as preferidas. Mas a Noruega aparece como uma surpresa entre as eleitas pela cidade.

– O fluxo de turistas noruegueses que chegam a Natal tem aumentado muito nos últimos anos. Parece que eles descobriram que a cidade, famosa pelas praias e pelas belezas naturais, é uma das mais próximas da Europa em nosso país, e passaram a vir com muita frequência. Por isso, se a Noruega se classificar, seria interessante para nós que ela ficasse aqui. Mas nosso principal objetivo é a Seleção Brasileira. Se não for possível, as cinco que eu citei estão de bom tamanho – afirma Cintra.

Nesta segunda-feira, o GLOBOESPORTE.COM mostrou como Natal está se preparando para o Mundial. Confira abaixo como está o andamento das obras e a situação dos principais setores da capital potiguar para a realização da competição em 2014.

Obra

Com obras a ser iniciadas, e sendo dado como um dos casos mais atrasados entre os estádios que sediarão jogos da Copa do Mundo de 2014, a Arena das Dunas terá capacidade de 42,623 espectadores, sendo diminuída para cerca de 32 mil após o Mundial. Segundo o secretário Rodrigo Cintra, há diversos planos para que a arena se torne sustentável após 2014.
– O custo do estádio será mais baixo do que alguns dos que estão sendo feitos para a Copa do Mundo, já que está prevista a utilização de uma estrutura temporária para atingir os 42.623 lugares. Após o Mundial, essa estrutura será desmontada, e a Arena das Dunas terá cerca de 32 mil lugares, o que acaba com a ideia de que o estádio seria um elefante branco. O nosso plano de negócios indica que a arena será sustentável com cerca de 30 eventos por ano, de qualquer natureza. Além desses eventos, haverá no local um shopping center, restaurantes, um Museu do Futebol e já é pensada até mesmo uma locação para casamentos.
A Arena das Dunas, que será construída através de uma PPP (Parceria Público-Privado) tem custo estimado entre R$ 450 e 500 milhões, e deve estar concluída na primeira metade de 2013, com o objetivo de receber algumas partidas da Copa das Confederações, que acontece neste mesmo ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias

Cara de pau

O deputado federal e presidente estadual do PP, João Maia, acusou o pré-candidato de São Gonçalo do Amarante (RN), Jaime Calado, de “gostar do poder”.

Leia Mais