Até 2030, gasto com pandemia deve neutralizar economia com reforma da Previdência

dinheiro nova 2 Até 2030, gasto com pandemia deve neutralizar economia com reforma da Previdência

Os gastos com a pandemia do novo coronavírus neste ano e o aumento que esses gastos representam nas despesas com juros da dívida pública nos próximos dez anos já correspondem ao valor estimado para toda a economia com a reforma da Previdência até 2030, segundo números do governo.

Efeito da pandemia na dívida pública em 11 anos é de R$ 876 bi, segundo números do Ministério da Economia. Estimativa de economia com Previdência no período é de R$ 855 bi em 10 anos.

Nesta semana, durante audiência pública na comissão do Congresso Nacional que acompanha as medidas de combate ao coronavírus, o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, informou que é estimado em R$ 615 bilhões o impacto da pandemia nas contas públicas neste ano em razão da perda de arrecadação e dos gastos extraordinários para combater os efeitos da Covid-19.

Além disso, segundo ele, também há o efeito do aumento do pagamento dos juros da dívida pública. Isso deve gerar despesas adicionais com juros de R$ 261 bilhões nos próximos dez anos, valor calculado pela Secretaria do Tesouro Nacional.

Essas despesas com juros em dez anos, segundo o Tesouro, estão divididas em:

– Juros motivados pela despesa com auxílio emergencial: R$ 143,3 bilhões

– Juros motivados pelo auxílio federativo: R$ 26,8 bilhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias