Assembleia vota aumento para governador e vice

A Tribuna do Norte destaca que a Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) da Assembleia Legislativa inicia hoje o debate sobre o projeto de lei que garante reajuste de até 100% nos vencimentos do Governador, Vice-governador e Secretários de Estado do Rio Grande do Norte. A proposta é da própria CFF e, segundo o deputado estadual Tomba Farias (PSB) – presidente da comissão –, o reajuste é uma forma de recompor as perdas salariais na última década. “O último reajuste foi concedido há 12 anos”, explicou o parlamentar, ao comentar o teor do projeto que trata da recomposição destes salários.

Ainda não há consenso sobre qual percentual será utilizado para aumentar as remunerações. A matéria entrou na pauta da CFF na manhã de ontem (16), mas pode ganhar caráter de urgência e ir ao Plenário da Casa ainda nesta semana. Com isso, poderá ser votada ainda hoje na Comissão e depois em plenário para garantir que entre em vigor no próximo ano, quando o governador eleito e o vice tomam posse.

Da forma como a matéria chegou, o maior reajuste será no salário de Vice-governador. Em valores brutos, hoje, o Estado paga R$ 9.328,80 ao detentor do cargo. Com a aprovação da matéria, esse valor saltaria para pouco mais de R$ 18 mil. Politicamente, o reajuste é visto como necessário para facilitar a composição do secretariado do governador eleito, Robinson Faria (PSD). Atualmente, o Estado paga a cada secretário um salário de R$ 8.480,47 (bruto) e R$ 6.290,73 (líquido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Rosalba na Globo

O blogue ouviu dizer que – embora não esteja marcado na sua agenda oficial – a governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini (DEM)

Leia Mais

Xau, pelegada!

Após 74 anos, uma nova legislação entra em vigor neste sábado (11), modernizando as relações de trabalho, além de acabar com absurdos como a contribuição

Leia Mais