Após 14 dias, equipes resgatam mineiros soterrados na China

2021 01 22t073910z 2071013084 rc2vcl9zqpz8 rtrmadp 3 china accident mine Após 14 dias, equipes resgatam mineiros soterrados na China
Foto: Aly Song/Reuters

Equipes chinesas resgataram, na manhã deste domingo (24), 11 mineiros que estavam presos há 14 dias após uma explosão subterrânea em Qixia. Segundo a imprensa local, ao menos um dos funcionários teve ferimentos.

O primeiro mineiro retirado estava extremamente fraco. De acordo com informações da Reuters, equipes de resgate envolveram o homem em um cobertor antes de levá-lo ao hospital de ambulância.

Mais tarde, outros dez mineiros foram retirados de uma seção diferente da mina, que estava recebendo alimentos e suprimentos. Um deles estava ferido, mas os demais foram vistos caminhando, apoiados pela equipe de resgate. Todos receberão atendimento.

Pelo menos 22 trabalhadores ficaram presos após um desabamento em 10 de janeiro. Até o momento, autoridades confirmaram uma morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Contra o feiticeiro

Com o fim do recesso e a elevação da temperatura do debate sobre a reforma da Previdência, o PT planeja pôr em prática estratégia semelhante

Leia Mais

Flávio Rocha frenético

Em movimentação frenética para se viabilizar candidato, Flávio Rocha sonha com uma composição incomum: Armínio Fraga, com quem esteve na semana passada, na Fazenda, e o apoio do

Leia Mais

Cadê as malas que estavam aqui?

A Polícia Federal em Brasília registrou ter recebido sete malas de dinheiro apreendidas no bunker da propina atribuída a Geddel Vieira Lima, informa o repórter

Leia Mais

Henrique escapa das mãos de Moro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira, 19, que as denúncias apresentadas pela Procuradoria-Geral da República contra o ex-ministro Henrique Eduardo, no chamado “quadrilhão

Leia Mais