Anvisa diz ao STF que não é possível liberar Sputnik sem aval de técnicos

000 Anvisa diz ao STF que não é possível liberar Sputnik sem aval de técnicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) defendeu, em documento ao Supremo Tribunal Federal (STF), que não é possível liberar o uso da vacina Sputnik V sem o aval de técnicos do órgão – como pediu o governo da Bahia.

No entendimento da agência, a liberação das doses com base apenas em análises de outros países ou órgãos internacionais representaria a perda da soberania nacional e um risco a direitos da saúde e à vida dos brasileiros.

O posicionamento foi enviado ao STF na última sexta-feira (22), segundo a Anvisa, em resposta a uma determinação do ministro Ricardo Lewandowski, relator da ação que pede a liberação do imunizante russo. O documento foi inserido no sistema do STF nesta segunda (25).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

A buraqueira da borboleta

As empresas AGC e EMDIC, suspenderam a operação tapa buraco da prefeitura de Natal, em razão de dívidas de R$ 3 milhões, não pagas pela

Leia Mais

Caicó: ‘chote de gestão’

Conforme publicado no site do DETRAN (RN) até dezembro de 2016 a cidade de Caicó aparece com aproximados 40.000 veículos automotores, entre carro, moto e

Leia Mais