Anúncio de ‘zero óbito’ por dengue em São Paulo gera desconfiança

Intriga os especialistas o anúncio do governo de São Paulo de que não houve mortes por dengue no município, no ano passado.

“Não ter em 2020 nenhum óbito por dengue, acho difícil”, observa o médico infectologista Leandro Machado, de Brasília, onde foram registrados 47.422 casos e 44 mortes.

A suspeita é que casos de dengue podem ter sido confundidos com os de Covid, pela semelhança dos sintomas. Em casos extremos, como na Covid, a dengue pode até causar complicações nos pulmões.

Ele diz que é possível confundir febre, cefaleia, dor no corpo, sintomas da dengue, com o quadro de infecção por covid-19.

Outra hipótese é que a pandemia pode ter feito as pessoas pararem de investigar a dengue, ocasionando a queda do número de casos.

O infectologista Leandro Machado ressalva, no entanto, que São Paulo já não havia registrado óbitos por dengue em outros anos.

Diário do Poder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

Venda inócua!

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, disse que os recursos financeiros com a venda da Eletrobrás não resolvem o problema fiscal do Governo

Leia Mais

Conversa sem futuro

O encontro do deputado federal, João Maia, PR com o vice-governador Iberê Ferreira de Sousa, PSB, candidato ao governo do Estado não trouxe nada de

Leia Mais

De quebra…

… Álvaro Dias ainda ficará livre de ter o discurso da oposição contra ele de pertencer ao partido do ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves.

Leia Mais