Alegria, alegria! Caetano, 70 anos

caetano Alegria, alegria! Caetano, 70 anosDeu em Anselmo Góis:

Sem lenço, sem documento, nada no bolso ou nas mãos, Caetano deixou Santo Amaro (BA) e ganhou o mundo com sua poesia, música e inteligência. A Música Popular Brasileira nunca foi a mesma depois que o baiano lançou seu primeiro álbum, em 1967. No ano seguinte, enquanto o mundo se dividia entre apocalípticos e integrados, ele fez sua própria revolução como mentor e porta-voz do Tropicalismo. Traduziu a brasilidade para um povo em sua eterna busca de identidade. “Por entre fotos e nomes, sem livros e sem fuzil, sem fome, sem telefone, no coração do Brasil”. Pacificador com alma de guerrilheiro, Caetano abalou as convenções, posou de rei de revoluções, subverteu complexos, encantou gerações.

O superbacana nasceu Caetano Emanuel Viana Teles Veloso no ano da graça de 1942, quinto dos oito filhos de seu Zezinho e dona Canô. Veio ao mundo no mesmo ano em que Paul McCartney e Jimmy Hendrix, que já partiu dessa para melhor, em 1970. Vinte e quatro dias depois que Caetano nasceu, o Brasil entrava na Segunda Guerra Mundial. Pode-se dizer que Caetano sobreviveu a uma guerra mundial, a duas ditaduras, uma delas exilado.

Do blogue: salve, salve grande Caetano! Tenho suas principais músicas. Entre elas, a que mais gosto: Você é Linda! Vamos curtir:

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Caça-alvos já começou

Candidato natural a prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB) está com um alvo nas costas durante a caçada. Com PSB e PDT e m sua

Leia Mais

Raposa com raiva em Caicó

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Laboratório Central (Lacen), diagnosticou na última terça-feira (11), o primeiro caso de raposa positiva

Leia Mais

Cala a boca, ladrão!

Lula diz fará queixa na ONU e diz que Bolsonaro violou direitos em discurso de hoje (24). Lula ainda pensa que é gente. Cale a

Leia Mais