Agora poderá complicar ainda mais situação do rio Piranhas no RN

O blogue já tinha antecipado e alertado que desce muita água no rio Piranhas até o município de Pombal (PB) que fica distante 90 quilômetros de Jardim de Piranhas. E não entendia o motivo pelo qual a água não chegava ao Rio Grande do Norte. Confira na foto abaixo:

rio piranhas

Em meio a discussão de que a água é um bem natural e de todos e não um produto privado moradores da comunidade Mãe d’água e da cidade de Coremas, no sertão da Paraíba realizaram um protesto na rodovia estadual PB-366.  Os moradores são contra a decisão da Agência Nacional de Águas (ANA) de manter aberta a comporta que libera água do açude Mãe d’água.

protesto

De acordo com informações do portal G1 de notícias, no protesto veículos foram posicionados na estrada, impedindo a passagem de quem viajava com destino as cidades de Piancó e São José da Lagoa Tapada. Segundo o grupo que realizou a manifestação a água consegue abastecer outras localidades distantes, no estado do Rio Grande do Norte, mas não tem força para chegar até as casas próximas ao açude. Sem previsão de chuvas, nem de diálogo com os órgãos responsáveis, os moradores da região se sentem prejudicados.

A água do açude segue até o Rio Grande do Norte onde abastece cerca de 90 mil pessoas em vários municípios. Juntos os açudes de Coremas e Mãe d’água têm capacidade de mais de 1 bilhão de metros cúbicos de água. Mas de acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas, atualmente Coremas está com 12,2% da capacidade total e o reservatório de Mãe d’água com 15,7%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

É crime ou não?

Todos ficamos escandalizados quando descobrimos que o grupo JBS, dono da Friboi, fez uma compra vultosa de dólares, pouco antes do escândalo deflagrado, que atingiu

Leia Mais

Álvaro Dias está fora

Como o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), não empolga, os caciques derrotados da política potiguar buscam um novo nome para disputar a prefeitura de

Leia Mais