Agentes penitenciários fecham BR 101 em protesto pela morte de colega em serviço

agentes BR

Os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte realizaram um ato de protesto, no final da manhã desta sexta-feira (9), após o agente Maxwell André Marcelino, de 44 anos, ter sido assassinado no exercício da profissão. Ele foi vítima de uma emboscada, durante a tentativa de resgate de um preso, na cidade de Parnamirim.

Na manhã de hoje, após saírem do velório de Maxwell, dezenas de agentes penitenciários foram até o trecho da BR 101 próximo ao Centro Administrativo do Estado, nas imediações da passarela de Potilândia. Eles fecharam a via por alguns minutos, formando uma espécie de corda humano.

O objetivo da categoria, de acordo com Vilma Batista, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte (Sindasp-RN), é chamar atenção da sociedade para as condições em que esses profissionais têm que trabalhar. Além do baixo efetivo, a categoria sofre há vários anos com a falta de material e condições de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias

Atendimento de forma precária

O atendimento nos hospitais públicos estaduais está sendo prestado de forma precária e, além da greve dos médicos, aderiram a essa paralisação, os enfermeiros e

Leia Mais

Acerte os ponteiros

Após os quatro meses em vigor, termina à 0h, horário de Brasília, deste domingo (19) o horário de verão. Quem estiver nas regiões Sul, Sudeste

Leia Mais

Eles não respeitam a Justiça

Condenado pela Justiça por corrupção, o ex-presidente Lula (PT) diz que continua no jogo para ser candidato no próximo ano. Denunciado pela PGR, Temer (PMDB)

Leia Mais