Dia: 4 de dezembro de 2022

Caso Terezinha Maia: desaprovação de contas não causa perda de mandato; nem tanto

Sobre a desaprovação das contas da candidata eleita Deputada Estadual Terezinha Maia (leia em matérias mais abaixo), o blogue do Xerife é informado que:

“Desaprovação de contas não causa perda de mandato nem cassação de diploma. Se a Justiça Eleitoral entender que houve fraude, e não simples erro, encaminha o feito a Polícia Federal para apurações. Se for constatado crime e a deputada for cassada, quem assume é o suplente mesmo. Não importa se ele não atingiu o percentual exigido de votos. Após a posse, ele é automaticamente o primeiro suplente. Se Terezinha for cassada após tomar posse, quem assume é o Tenente Civelend.

Testes positivos para Covid-19 caem oito pontos percentuais em uma semana

Apesar da alta de casos de Covid-19, dados de laboratórios indicam que a nova onda de infecção já está diminuindo. De acordo com o Instituto Todos Pela Saúde, a positividade de testes para SARS-CoV-2 atingiu pico de 41% na semana encerrada em 19 de novembro e, então, passou a cair. Até 26 de novembro, o percentual de testes positivos registrado foi de 33%.

Segundo o Instituto este pode ser um sinal de que a terceira onda da Ômicron deve ser menos aguda do que as anteriores. As análises são com base em 493.140 testes realizados pelos laboratórios parceiros Dasa, DB Molecular e HLAGyn, de 1º de fevereiro a 26 de novembro.

As ondas têm características diferentes. A primeira da Ômicron, iniciada em dezembro de 2022, teve dois meses e meio de duração, e o pico se manteve por duas semanas. A segunda, a partir de abril, foi a mais longa: durou quatro meses e meio e teve uma semana de pico. Já a terceira onda, que começou em outubro, tem até agora um mês e meio, e pico também de uma semana.

Em relação às faixas etárias, a positividade aumenta, em geral, conforme avança a idade. Na última semana avaliada, a taxa foi de 11% em crianças de 0 a 4 anos e de 5 a 9 anos. Depois, subiu para 23% na faixa 10 a 19 anos. Os percentuais mais elevados foram observados em pessoas de 50 a 59 anos e acima de 80 (47%), de 70 a 79 anos (46%) e de 60 a 69 anos (45%).

Quando observamos os estados com número adequado de testes para análise, a positividade está em queda em São Paulo (40% para 35%) e no Rio de Janeiro (45% para 36%).

Foi apresentada oscilação em Minas Gerais de (28% para 29%) e continua crescendo em Goiás (27% para 34%). É importante ressaltar que o Brasil, por ser um país imenso, tem diferentes dinâmicas da pandemia dentro de seu território. A positividade dos testes é um indicador das transmissões virais.

(mais…)

“O medo venceu a esperança”, afirma Queiroga sobre eleição de Lula

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (foto), lamentou a derrota de Jair Bolsonaro para Lula. Em entrevista à Veja, ele disse acreditar que o presidente da República perdeu as eleições por ser “antiestablishment”. 

“Muitas pessoas achavam que ele ia ganhar. Há muitos que acham que ele ganhou mesmo, né? Eu acho que quem perdeu foi o povo brasileiro. Não tenho dúvida. A gente estava numa ambiência de crescimento do Brasil, de esperança, e hoje o que nós vivemos? Não é mais aquela história da ‘esperança venceu o medo’ não. É ‘o medo venceu a esperança’. Era bolsa subindo, dólar caindo, aumento de emprego formal”, disse. 

“Quando ele começou a estruturar a equipe, veio a pandemia. Mesmo assim, fez a reforma da Previdência, ia fazer a reforma tributária, a reforma administrativa, não dava para fazer isso no meio da pandemia. É um governo antiestablishment. Pagou o preço por isso.”

O Antagonista

Lula desiste de reunião com governadores e constrange Ibaneis

O presidente eleito Lula decidiu não comparecer à reunião de governadores articulada pelo governador reeleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), para meados de dezembro.

O petista foi convidado por Ibaneis, mas, segundo chefes de Executivo estaduais aliados, avaliou que seria melhor só se reunir com governadores depois que estiver empossado como presidente.

A expectativa é de que Lula escale o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), para representá-lo na reunião. O encontro está previsto para ser realizado em Brasília no dia 13 de dezembro.

Nesta semana, Ibaneis se reuniu, em Brasília, com Alckmin e com a futura primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja. Na pauta, a organização da posse de Lula, marcada para 1º de janeiro de 2013.

Metrópoles

PEC do Estouro tem sinalização positiva de apoio de partidos que somam 54 senadores

A proposta de emenda à Constituição (PEC) idealizada pelo governo eleito de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para viabilizar o aumento do Auxílio Brasil para R$ 600 já tem uma sinalização positiva de apoio de partidos que somam 54 senadores. O número é maior do que o necessário para a aprovação de uma PEC no Senado Federal.

Para que uma PEC seja aprovada na Casa Alta do Congresso, é preciso que a proposta tenha ao menos 49 votos (correspondentes a mais de 3/5 do total de cadeiras do Senado).

Ao todo, segundo levantamento da CNN, nove partidos com representação no Senado já declararam apoio à PEC do Estouro. Esses partidos, liderados pelo PT, PSD e PP, têm 36 cadeiras na Casa. Outros dois partidos com bancadas importantes no Senado também já demonstraram apoio à PEC do Estouro: o União Brasil, que tem seis senadores, e o MDB, com 12 senadores.

Há partidos que também indicam que podem apoiar a proposta, mas aguardam as negociações em relação ao texto antes de adotar um posicionamento. O partido do presidente Jair Bolsonaro, PL, que tem oito senadores, deve apoiar a PEC —até pelo fato de o próprio Bolsonaro ter prometido, durante a campanha, a manutenção do Auxílio Brasil em R$ 600 no ano que vem. O PSDB (com seis senadores) também deve apoiar a proposta, mas cobra mudanças no texto que reduzam o montante de despesas fora do teto de gastos.

A PEC tem o objetivo de retirar o Auxílio Brasil (ou Bolsa Família, caso o nome do benefício venha a ser alterado) do cálculo do teto de gastos, regra fiscal criada no governo de Michel Temer que limita o crescimento das despesas públicas. O texto da proposta estabelece que os recursos destinados ao benefício social ficarão fora da regra durante quatro anos.

(mais…)

Torcida do Santos se reúne em hospital e reza pela saúde de Pelé

Torcedores do Santos se reuniram na manhã deste domingo em frente ao Hospital Albert Einstein, em São Paulo, numa vigília por Pelé, que está internado no local desde terça-feira.

A vigília foi convocada pela Torcida Jovem, principal organizada do Santos. Foram estendidas bandeiras em homenagem a Pelé e, por volta das 12h30, os torcedores fizeram uma roda de oração.

Pelé está internado desde terça-feira (29/11), quando deu entrada no hospital após apresentar um quadro de inchaço por todo o corpo. Recentemente foi colocado sob cuidados paliativos exclusivos motivados pelo fato de a quimioterapia para tratar um câncer no cólon não surtir efeitos, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com o último boletim médico divulgado pelo hospital, no sábado, Pelé teve boa resposta ao tratamento de uma infecção respiratória e apresenta estado de saúde estável. Pelé está em um quarto comum e, de acordo com o boletim, não apresentou “nenhuma piora” nas 24 horas anteriores. 

Metrópoles

Após 50 anos de carreira, Elton John realizará seu último show

Em 50 anos de carreira, Elton John brilhou e emocionou aos fãs em quase todos os palcos do mundo. O cantor e compositor realiza o último show da turnê “Farewell Yellow Brick Road”, em que comemora o meio século de estrada, no Festival Glastonburry, no Reino Unido. A apresentação acontece em junho de 2023 e o astro promete levar ao palco uma lista de convidados especiais no show que ganhou o título de a “mãe de todas as despedidas”.

– Não há maneira mais adequada de dizer adeus aos meus fãs britânicos. Eles foram além de brilhantes e me apoiaram em todos os altos e baixos da minha carreira – celebra Elton em uma rede social.

A organizadora do Festival Glastonburry, Emily Eavis, também comentou a ilustre presença do astro no evento:

– É um enorme prazer informar que o primeiro e único Elton John fará sua primeira aparição em Glastonbury, como atração principal no Pyramid Stage. Este será o último show no Reino Unido da última turnê de Elton, então fecharemos o festival e marcaremos este grande momento com a mãe de todas as despedidas – afirma.

Mesmo com a pausa de sua carreira pela estrada, o artista não tem planos de parar de gravar. Após o sucesso de “Lockdown Sessions” (2021), Elton considera a ideia de trabalhar em um próximo álbum para ser lançado no próximo ano. O rocket man já marcou presença no Brasil com turnê individual nos anos 1978, 1995, 2009, 2014 e 2017. Além disso, Elton subiu ao palco do Rock In Rio nas edições de 2011 e 2015.

 Outro grande ícone da música que se despediu dos palcos foi o cantor e compositor Milton Nascimento. O artista realizou o histórico encerramento da turnê “A última sessão de música” no dia 13 de novembro no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), e gerou forte comoção entre artistas e fãs. Milton dedicou o show a cantora e compositora Gal Costa (1945-2022), e citou a cantora Elis Regina (1945-1982) como o “grande amor” de sua vida.

New Mag

Exame de Lula na garganta se mostrou dentro da normalidade, diz boletim médico

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva realizou uma laringoscopia previamente agendada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na manhã deste domingo (4).

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital no início da tarde, o “exame se mostrou dentro da normalidade.”

Lula fez o exame e retornou para sua casa, na Zona Oeste da capital.

Em coletiva na sexta (2), antes de deixar Brasília, Lula disse a jornalistas que nos próximos dias faria uma “revisão na garganta para ver como é que está”.

No final de novembro, o presidente eleito passou um dia internado no Hospital Sírio-Libanês para retirar uma leucoplasia – espécie de lesão branca – da laringe.

A lesão, localizada na prega vocal esquerda, foi diagnosticada no check-up realizado antes da viagem de Lula para o Egito.

Durante a coletiva, Lula disse ainda que tem feito testes e, segundo a fonoaudióloga que o acompanha, está melhorando.

G1

Pense num ladrão protegido: Posse de Lula terá mais de 700 agentes da Polícia Federal, atiradores de elite e sistemas antidrones atuando na segurança

A Polícia Federal será o principal órgão a atuar na cerimônia de posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, em 1º de janeiro de 2023. O evento já é planejado para garantir que não ocorram incidentes. Serão mais de 700 agentes atuando na Capital Federal.

O esquema de segurança abrange toda a região da Esplanada dos Ministérios, além do setor de hotéis – onde se hospedarão diversas delegações estrangeiras – e embaixadas, que receberão representantes de outras nações.

De acordo com fontes ouvidas pelo R7, a PF trará agentes de outros estados para reforçar o suporte. A ideia de usar agentes recém-formados pela Academia Nacional de Polícia chegou a ser avaliada, mas não avançou em razão da complexidade do evento.

A delegação dos Estados Unidos deve ocupar 200 quartos de um hotel. Neste caso, além de policiais federais, agentes de entidades de segurança e investigação norte-americanos atuarão no esquema de segurança. Sistemas antidrones serão ativados na região da Esplanada e qualquer equipamento não autorizado que se aproximar da Praça dos Três Poderes será abatido.

Atiradores de elite ficarão posicionados no alto dos prédios dos ministérios e agentes a paisana circularão em meio ao público para acompanhar a movimentação. Barreiras feitas pela Polícia Militar e acompanhadas por autoridades federais serão montadas na Esplanada, desde a altura da Catedral, até o Palácio do Planalto.

A entrada de veículos nas vias que dão acesso à Praça dos Três Poderes será proibida e o público não poderá ingressar na área do evento com objetos que possam representar risco à segurança, como facas, cabos de bandeiras e outros utensílios.

Nos eventos de posse anteriores, a segurança se concentrava no Gabinete de Segurança Institucional (GSI). No entanto, desta vez, o órgão exercerá papel secundário e a PF ficará responsável pela maioria das atividades de manutenção da segurança no evento.

R7

‘Revogaço’ pretendido pela equipe de Lula esbarra em negociação com Congresso

Debatida antes mesmo da vitória de Luiz Inácio Lula da Silva, a lista de revogações de medidas adotadas pelo governo Jair Bolsonaro abrange áreas como desarmamento, educação, saúde, ambiente e economia. São regras editadas ao longo dos últimos quatro anos que, a partir de 2023, podem ser anuladas ou substituídas com uma canetada do presidente eleito. A extensão do “revogaço”, porém, dependerá de negociação com o novo Congresso.

Parlamentares de oposição querem ser chamados para tratativas. Em café da manhã na casa do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), na quarta-feira passada, integrantes da chamada “bancada da bala” disseram que estão atentos à pretendida mudança na política armamentista de Bolsonaro. Eles ameaçam resistir.

“Não será da maneira como Lula acha que vai (ser). Temos um Congresso conservador e não vai prosperar um revogaço”, afirmou o deputado federal eleito Alberto Fraga (PL-DF), político próximo de Bolsonaro que volta à Câmara na próxima legislatura.

O encontro dos deputados com Lira ocorreu horas antes de o presidente da Câmara se reunir com Lula. O petista passou a semana em Brasília em articulações para construir a base do governo. Lula conversa com líderes do MDB, PSD e União Brasil para tentar atraí-los e anunciou apoio à reeleição de Lira, o que abre diálogo também com o PP.

A dimensão da base será determinante para diminuir a resistência a um revogaço. A bancada da bala, por exemplo, será composta por 44 deputados em 2023 – dos quais sete deles são do União Brasil. Segundo Fraga, os parlamentares estão abertos a negociar, mas, para isso, Lula não deve “atropelar” o Congresso. “Muita coisa pode ser conversada e certamente o governo vai entender”, disse.

Coordenador do grupo, Capitão Augusto (PL-SP) afirmou que a bancada tem tamanho para paralisar os trabalhos na Câmara. “Se não tivermos a maioria, temos número suficiente para pegar o ‘kit obstrução’ e não deixar tramitar nada, nem nas comissões nem no plenário”, disse ele, que passará o comando da bancada para Fraga no próximo ano.

(mais…)

INSS prevê pagar R$ 2,5 bi a mais com novos benefícios em 2022

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) deverá fechar 2022 com um acréscimo de quase 1 milhão no número de análises de pedidos de reconhecimento de direitos como aposentadorias e pensões. A projeção é passar dos 9,33 milhões de processos concluídos em 2021 para 10,27 milhões neste ano, um aumento de 10%.

Esse avanço, atribuído pelo órgão à análise automática de requerimentos implantada neste ano e aos mutirões realizados por servidores para verificação de processos no estoque, deverá aumentar em 460 mil o número de concessões, que devem passar de 4,71 milhões para 5,17 milhões (a alta também é de 10%) em relação ao ano passado.

O avanço nas concessões, porém, traz preocupação à equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro (PL). O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, enviou ao TCU (Tribunal de Contas da União) uma consulta sobre a possibilidade de usar crédito fora do teto de gastos para bancar parte das despesas do INSS. O governo já promoveu bloqueio de recursos no Orçamento de 2022 e tem apenas R$ 2,4 bilhões para bancar gastos discricionários de todos os ministérios no último mês do ano.

No INSS, a despesa com novos benefícios deverá subir em R$ 2,5 bilhões neste ano. Isso significa 13,8% a mais em relação ao exercício anterior. A fatura passaria de R$ 18,1 bilhões, em 2021, para quase R$ 20,6 bilhões em 2022.

A maior parte desse aumento de despesas, porém, vem da alta da inflação, que resultou em reajuste nos benefícios acima do piso de 10,16% no início deste ano.

Até outubro deste ano, já houve elevação de R$ 1,9 bilhão (12,5%) no valor destinado para novos benefícios, na comparação com o mesmo período do ano passado. O montante passou de R$ 15,2 bilhões para R$ 17,1 bilhões no intervalo.

Também considerados números de janeiro a outubro, o INSS aumentou em 8% as análises de requerimentos iniciais, passando de 7,9 milhões para 8,56 milhões, na comparação com o mesmo período de 2021.

(mais…)

Neymar jogará contra a Coreia do Sul nesta segunda 5, afirma Tite

O técnico da seleção brasileira, Tite, confirmou neste domingo 4, o retorno do atacante Neymar no jogo contra a Coreia do Sul, partida válida pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

Durante coletiva de imprensa, o zagueiro Thiago Silva foi questionado se Neymar estaria em campo na próxima partida da seleção. Tite, que também estava na coletiva, pegou o microfone e respondeu “sim”.

O atacante teve uma torção no tornozelo direito durante o primeiro jogo do Brasil na Copa do Mundo e estava em tratamento desde então. Neymar ficou sem jogar os dois últimos jogos da fase de grupos.

Motorista perde controle, bate carro e fica presa às ferragens na Grande Natal

Uma condutora perdeu o controle do carro que conduzia, bateu em uma mureta e ficou presa às ferragens do veículo na manhã deste domingo (4), na Grande Natal.

O acidente aconteceu na avenida Olavo Montenegro, entre a Coophab e Nova Parnamirim, no município de Parnamirim.

A mulher foi tirada do veículo por militares do Corpo de Bombeiros e socorrida ao Hospital Walfredo Gurgel, na Zona Leste de Natal, com dores no abdômen.

A condutora mora em Parnamirim e seguia no sentido ao seu trabalho, em Natal.

Segundo um amigo da vítima, que foi ao local do acidente, a mulher perdeu o controle em uma decida. A pista estava molhada na hora do acidente. Após bater na mureta, o veículo ainda girou na pista.

A via ficou parcialmente interditada, mas o fluxo de veículo continuou por uma das faixas no local. A Polícia Rodoviária Estadual foi ao local para registrar a ocorrência e orientar o tráfego.

G1RN

Quem poderia assumir a vaga de Terezinha Maia em caso de possível cassação; saiba

Embora as contas da deputada eleita Terezinha Maia tenham sido desaprovadas ela será diplomada pelo Tribunal Regional Eleitoral (RN). Caberá ao primeiro suplente recorrer da decisão como fez, no passado, Sando Pimentel. O Tenente Civelend, suplente do partido, não entra. Ele não obteve 20% do cociente. Só obteve 2.219 votos e pelas novas regras não tem como assumir.

Neste caso, possivelmente, entraria alguém do PSDB ou da Federação. Pois o PL não fez coligação.

Esse negócio é muito enrolado. O certo é que a desaprovação das contas de Terezinha poderá deixá-la enrolada.

O TRE (RN) opinou pela desaprovação das contas de Terezinha, com fundamento no artigo 74, III, da Resolução nº 23.607/2019 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Entre as falhas constatadas pelo TRE (RN), Terezinha extrapolou o limite de 20% de gastos com o aluguel de veículos, em relação ao total dos gastos de campanha contratados, que teria sido de R$ 398,1 mil.

Posse de Lula terá esquadrão antibombas e atiradores de elite

O esquema de segurança para a posse de Luiz Inácio Lula da Silva terá esquadrão antibombas, barreiras para drones e atiradores de elite. A menos de 30 dias da cerimônia, brasília se prepara para receber o público que irá acompanhar as solenidades e os shows musicais.

As forças de segurança preparam um esquema especial para o dia da posse, 1° de janeiro. As medidas ainda estão em negociação com a equipe de Lula, já que o presidente eleito pretende desfilar em carro aberto. Cerca de 700 policiais federais devem ser mobilizados, assim como agentes à paisana e um esquadrão antibombas.

Atiradores de elite serão posicionados no telhado dos principais edifícios e barreiras antidrones serão acionadas. O espaço aéreo deve ser fechado durante o deslocamento de Lula até o Congresso Nacional e, depois, até o Palácio do Planalto. As ações das equipes de segurança, tanto para a diplomação no próximo dia 12, como para a posse estão sendo acertadas entre a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal e a Polícia Federal.

A expectativa da rede hoteleira de Brasília é que a taxa de ocupação passe de 95%. Até 300 mil pessoas são esperadas no dia da posse.

“Eu acredito que na próxima semana, até o dia 15, já comece aí um movimento de esgotamento de vagas”, afirma Henrique Severien, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih).

Com as diárias em hoteis mais caras e disputadas, as pessoas começaram a buscar alternativas. Uma delas é a hospedagem solidária. O coordenador do Comitê Popular do PT no centro-oeste, José Doralvino, colocou à disposição três quartos da casa dele, que fica a cerca de 15 quilômetros do local da posse.

(mais…)

Câmara de Parnamirim (RN) faz a festa com diárias

A Câmara Municipal de Parnamirim (RN) fez o pagamento de mais de R$ 527,3 mil em diárias entre janeiro e novembro deste ano, conforme dados do Portal da Transparência do legislativo parnamirinense. O valor representa 21,57% a mais que o montante usado pelas prefeituras municipais de Extremoz (RN), Macaíba (RN), Mossoró (RN) e Parnamirim (RN), que juntas, pagaram R$ 413,6 mil em verba indenizatória no mesmo período.

Bafômetro na posse de Fátima

A posse da Governadora Fátima Bezerra será no dia de 1º de janeiro às 9 horas da manhã. Vai chegar petista embriagado por lá depois da virada do ano novo. Pode levar o teste do bafômetro e conferir.

Efeito Lula. Clima de incerteza: ações da Petrobras somam queda de 32,16% desde a eleição de Lula

As ações da Petrobras caíram 32,16% desde a eleição do Ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O pico atingido há uma semana do pleito foi de R$ 37,72 por ação preferencial da empresa. No último fechamento, nesta sexta-feira (2), ficaram cotadas a R$ 25,91.

A queda acentuada, explica o economista Hugo Garbe, é um reflexo do clima de incerteza em relação às políticas econômicas do governo que assume em 1º de janeiro de 2023.

“Esse novo governo tem um histórico de corrupção que fez com que, no auge do escândalo, a ação tenha chegado a R$ 5,00. Além disso, também traz como uma das pautas taxar os dividendos e, quando o investidor compra, ele visa receber os dividendos”, argumenta o economista.

O movimento dos investidores, então, é vender as ações da maior empresa brasileira e comprar outras que prometem mais liquidez e lucro no curto prazo, o que faz com que as ações da petroleira caiam.

“O mercado não gosta de incerteza, que é o cenário que estamos vivendo neste momento. Então, é natural que os preços tenham baixado tanto, porque há uma perspectiva de piora no médio e longo prazo”, complementa.

R7

Rogério x Pacheco: Líder do PL vê disputa equilibrada

O líder do governo no Senado, Senador Carlos Portinho (PL-RJ), garantiu que não há possibilidade de o PL apoiar o atual presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), na eleição no início de fevereiro. De acordo com o parlamentar, na próxima quarta-feira (7), será “batido o martelo” sobre o candidato do partido à presidência do Senado.

“O PL vai ter um candidato, é para valer, e eu vejo uma disputa voto a voto, ninguém ganha por antecipação na presidência do Senado”, disse Portinho, em entrevista à CNN Brasil nesta sexta-feira (2). Segundo garantiu, não há a possibilidade de a legenda apoiar Pacheco.

“Há uma demanda da própria população, de fora para dentro, para que o Senado restabeleça seu tamanho, uma posição de maior harmonia entre os Poderes, que possa se apresentar e que não seja um Poder subalterno de outros”, declarou o parlamentar, que destaca haver muitas pautas paradas na Casa. “O Senado precisa trabalhar.”

O senador eleito Rogério Marinho é o favorito para a disputa. Portinho afirma que há uma preferência por “conversas isoladas” entre parlamentares da bancada e de outros partidos com o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), para lançar o ex-ministro do Desenvolvimento Regional. A articulação para impedir a reeleição de Pacheco deve contar com o apoio do PP. Enquanto isso, o PT atua para costurar uma aliança na Casa, a favor de Pacheco, que inclua MDB, PDT e União Brasil.

A reunião do próximo dia 7 deve contar com a presença da futura bancada do PL e de senadores da atual legislatura. “É a bancada do PL que vai decidir de forma democrática e será consensual, sairemos unidos, aquele que será o nosso candidato”, afirmou.

Estadão

Má qualidade das estradas no RN causa prejuízo de até R$ 87 milhões

O Rio Grande do Norte (RN) tem 64,5% das estradas com algum tipo de problema. É o que aponta a Pesquisa de Rodovias 2022 da Confederação Nacional do Transporte (CNT), que analisou 1.879 quilômetros da malha rodoviária pavimentada do Estado e verificou que quase 2/3 das rodovias potiguares apresentam algum tipo de estrago, seja de natureza regular, ruim ou péssimo.

Problemas de sinalização, traçado da via e falta de acostamento também foram constatados. O levantamento da CNT também revela que as más condições das vias causarão um prejuízo de R$ 87,7 milhões aos transportadores somente neste ano, o que encarece o frete e consequentemente os preços dos produtos no comércio. A malha estadual possui 3.400 quilômetros e a federal 1.500 quilômetros.

O percentual de 64,5% corresponde ao estado geral das vias potiguares, composto pelas classificações: regular (40,2%), ruim (8,8%) e péssimo (15,5%). O restante da malha está em boas condições: bom (28,4%) e ótimo (7,1%). Em relação a 2021, o Estado Geral das rodovias do RN apresentou melhora de 2,6 pontos percentuais.

Em geral, o resultado desta avaliação está diretamente associado ao volume de investimento destinado à manutenção, à restauração e à conservação das rodovias. De acordo com a pesquisa CNT – publicada em outubro último – seriam necessários investir R$ 767,89 milhões para recuperar as rodovias do Rio Grande do Norte com ações de restauração e reconstrução.

TN

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias