Dia: 20 de março de 2018

O “gemidão” na Câmara de Vereadores de Caicó

Não passou despercebido para quem assistia a sessão no plenário da Câmara de Vereadores de Caicó e através da live do facebook, nesta segunda-feira (20),  a pegadinha do “gemidão no whatsApp”. A quem diga que o vereador Lobão Filho ficou vermelho quando abriu o arquivo em seu aparelho telefônico.

O “gemidão do WhatsApp” é um fenômeno da zoeira. A brincadeira, que tem se espalhado por grupos do mensageiro pelo Brasil há algum tempo, consiste em compartilhar um vídeo (ou áudio) que parece verídico, mas embutir nele o som de uma estrela pornô gemendo bastante durante uma cena.

Vários Caicoenses já caíram na pegadinha!

O decano em miniatura

Ninguém esperava nada de Gilmar Mendes.

Por isso mesmo, quem mais se apequenou no golpe para tirar Lula da cadeia foi Celso de Mello.

Diz Josias de Souza:

“A seis dias do julgamento em que o TRF-4 deve confirmar a sentença que autorizará o juiz Sergio Moro a expedir a ordem de prisão de Lula, os ministros do Supremo Tribunal Federal farão, nesta terça-feira, uma reunião a portas fechadas. Foi convocada por sugestão do ministro mais antigo da Corte, o decano Celso de Mello. Ele é uma espécie de líder da banda que defende no Supremo a revisão da regra que permite a prisão de condenados em segunda instância, como Lula (…).

Fábio mudou no final

Ora! Até antes do rompimento político o vice-governador e pré-candidato a governador Fábio Dantas dizia que era um governo ‘tocado a quatro mãos’.

O discurso mudou no final.

Odair diz que não fará proselitismo político para prejudicar Caicó

O presidente da Câmara de Vereadores de Caicó, Odair Diniz declarou ao blogue que não fará proselitismo político para prejudicar Caicó. A declaração vai de encontro direto as insinuações maldosas proferidas pelo vereador Diogo Silva que relatou uma possível reaproximação a gestão do prefeito Robson Batata Araújo.

“Eu não torço por uma gestão quanto pior melhor. Eu cobro o que está errado. O nosso papel é fiscalizar e assim tenho feito em diversas vertentes onde vejo que a gestão não acertou. Fazer proselitismo político não faz parte da minha índole e nem tão pouco da minha postura política”, disse Odair

Prazo de inscrição para concurso da Saúde de João Pessoa acaba nesta terça

aba nesta terça-feira (20) o prazo para as inscrições do concurso público com 587 vagas destinadas ao quadro de servidores da Secretaria de Saúde de João Pessoa. O prazo final para as inscrições seria na sexta-feira (16), mas a prefeitura da capital paraibana decidiu prorrogar.

As incrições podem ser realizadas pela internet, através do site da AOCP. As taxas custam R$ 40 (nível médio), R$ 55 (técnico) e R$ 70 (superior). Apesar da prorrogação das inscrições, a data da prova não sofre alteração e está programada para o dia 15 de abril.

Abraão Lincoln carrega mácula do escândalo de corrupção

A chegada do PRB à base do governo Robinson Faria (PSD) tem vantagens e desvantagem. Soma a favor do governador Robinson Faria (PSD) o fortalecimento político. Contra, pesa o escândalo de corrupção contra o presidente estadual do partido, Abraão Lincoln, que já foi preso acusado de participar do esquema de venda ilegal de permissões para a pesca industrial. Resta saber se o bônus será melhor do que o ônus.

Robinson começa a formatar chapa para as eleições deste ano

O governador Robinson Faria (PSD) mostra que está dentro do jogo para disputar a reeleição. Uma chapa viável começa a se desenhar.

O grupo governista pretende, inicialmente, formar uma coligação entre PSD, PODE e PRB para a disputa majoritária e as eleições proporcionais.

No âmbito da Câmara Federal, a chapa teria Fábio Faria (PSD) e Antônio Jácome (PODE) como candidatos à reeleição, com o reforço do suplente Abraão Lincoln (PRB), que havia saído de cena após ser preso em escândalo de corrupção.

Para a Assembleia, o grupo teria como puxadores de votos os deputados estaduais Galeno Torquato (PSD), Dison Lisboa (PSD) e Jacó Jácome (PSD), além do vereador natalense Bispo Francisco de Assis (PRB) e candidatos regionais, arregimentados para bater esteira.

Com uma chapa proporcional já desenhada, o grupo tem mais condições de atrair novos aliados que possam fortalecer o palanque do governador, pois o principal receio dos partidos era o isolamento político que não existe mais.

Eleição da mesa diretora da Câmara de Caicó deixa os ânimos acirrados entre os vereadores

A eleição da nova mesa diretora da Câmara de Caicó acirrou os ânimos dos edis da Casa Legislativa.

Nos apartes concedidos durante o pronunciamento do vereador Erinaldo Lino, o vereador Diogo Silva insinuou uma possível reaproximação do presidente Odair Diniz ao Governo Batata.

Será?

Antes do anúncio da eleição, o vereador Diogo Silva fazia parte do G10 que apoiava a gestão de Odair na Casa do Povo.

Prefeito de João Câmara permanece no cargo

O ministro do TSE, Admar Gonzaga, concedeu liminar favorável à manutenção do prefeito de João Câmara, Maurício Caetano (DEM), cassado pelo TRE-RN, até que sejam julgados os recursos. A decisão também vale para o vice, Hoderlin Silva, que também está arrolado no processo.

Fábio Faria ainda sonha em aliança com PP

Apesar do estremecimento das relações do deputado federal Fábio Faria (PSD) com o PP, dos Rosados, o filho do governador Robinson Faria (PSD) diz que mantém o diálogo com o deputado federal Beto Rosado (PP) e ainda espera uma união para as eleições deste ano.

Robinson em busca de um vice

Com o rompimento do vice-governador Fábio Dantas (PSB), que se lançou para disputar a sucessão estadual, o governador Robinson Faria (PSD) busca um novo companheiro de chapa para as eleições deste ano.

Nem em abril, nem em maio

Cármen Lúcia se recusou a incluir na pauta de abril o golpe para impedir a prisão de condenados em segundo grau.

Em entrevista à GloboNews, ontem à noite, ela garantiu que a matéria também não entrará na pauta de maio.

Ministro: Juiz não entra em greve sob nenhuma hipótese

Os juízes não podem fazer greve em nenhuma circunstância, nem mesmo para pedir reajuste de salários ou defender a manutenção de benefícios como o auxílio-moradia. A opinião é do ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça.

Para ele, a paralisação da magistratura é uma “subversão de valores”. “O que precisa haver agora é mais diálogo”, disse, em entrevista para o programa Conexão Roberto D’Avila, da GloboNews.

Fake News: mais rigor e responsabilidade

As redes sociais têm mecanismos para bloqueio e denúncia de conteúdo agressivo e mentiroso propagado por seus usuários. Na prática, porém, há pouco resultado, como estamos vendo no caso de Marielle. Facebook, Twitter e Google precisam reavaliar os critérios de publicação e controle desse tipo de material.

Esses critérios têm se mostrado insuficientes. É mais fácil tirar um perfil da rede social porque postou um nu artístico do que devido a calúnias, injúrias e difamações.

Onde estão os ministros do STF?

Os ministros do STF manifestam-se sobre tudo. Só encolheram a língua para tratar do auxílio-moradia que virou uma mordomia ampla, geral e irrestrita do Poder judiciário. O que se ouve é que eles estão participando de um movimento para manter o auxílio com outro nome. Imaginam que assim vão restabelecer a moralidade.

Mas os ministros do STF estão cade estão os ministros do STF?lados com a difamação feita pela desembargadora do Tribunal de Justiça (RJ), Marília Castro Neves, contra uma vereadora (Marielle Franco) assassinada pelo crime organizado. A desembargadora não levou nenhum puxão de orelhas.

Até mesmo o presidente do TSE, Luiz Fux, que anda debatendo a “fake News”, parece ter engolido a língua. A eloquente presidente do STF, Càrmen Lúcia, está muda. Nem o bravo Ministério Púbico se manifestou. O corporativismo tomou conta até de quem pretende se vender como paladino da Nação.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

De pernas para o ar!

Os ministros do Supremo Tribunal Federal já estão em recesso até o próximo dia 31. A pausa também ocorre nos tribunais superiores. Neste período, as

Leia Mais

E como será?

Começa hoje (15), às 8h55, no plenário da Câmara, a discussão do processo do impeachment. Discursam, inicialmente, os autores do pedido e a defesa de

Leia Mais