Dia: 16 de março de 2016

Grupo protesta contra nomeação de Lula e Governo Dilma em Natal

Um grupo de natalenses promoveu protesto na noite e hoje (16), em frente ao shopping Midway Mall, após as divulgações do áudios que envolvem o ex-presidente Lula, sua nomeação para ministro e o desgoverno da presidente Dilma Rousseff. Vídeos: BlogdoBG.

PR de Assú ganha dois vereadores na Câmara Municipal

PR_assu

O vice-presidente do PR-RN e deputado estadual, George Soares, levou na noite desta quarta-feira (16) os novos filiados do Partido da República na cidade do Assú para abonarem sua ficha de filiação na presença do presidente estadual da sigla, o ex-deputado federal João Maia.

O partido, liderado no município pelo próprio deputado George, passa a ter agora dois vereadores com mandato na Câmara Municipal, Wedson Nazareno (o mais votado na cidade nas últimas eleições municipais) e Xavier Cadete que juntos com nomes como João Wallace, Clebson Corsino e demais lideranças receberam os votos de boas vindas do líder da sigla no estado.

“Fico muito feliz em ver essa união em Assú e agora com o nosso partido contando com dois vereadores na Câmara Municipal estamos mais fortes. Que sejam todos bem-vindos a família PR”, afirmou George Soares.

Governador anuncia criação do Conselho Estadual LGBT

robinsonLG

O governador Robinson Faria anunciou na noite desta quarta-feira (16), durante abertura do da III Conferência Estadual LGBT do RN, a criação do Conselho Estadual LGBT do Rio Grande do Norte. O anúncio atende a uma reivindicação antiga da comunidade e visa discutir políticas públicas para igualdade de direitos. O evento foi realizado no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (CEMURE), no bairro de Cidade da Esperança, em Natal. A Conferência será encerrada na sexta-feira (18).

A Conferência, que tem como tema “Por um Brasil que criminalize a violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais” terá atividades culturais, políticas, palestras, grupos temáticos e paineis que debaterá simultaneamente Direitos Fundamentais, Políticas Inter setoriais, Pacto Federativo, Participação Social, enfrentamento da violência contra a população LGBT, direitos humanos, seguridade social, marcos jurídico-normativos e Sistemas de Justiça na promoção e Defesa dos direitos humanos, entre outros

O governador Robinson Faria falou sobre a criação do Conselho no estado. “Esse foi um gesto de reconhecimento da luta pela igualdade de direitos da comunidade. Estamos aqui para reforçar o nosso apoio e dizer que vocês sempre poderão contar com o nosso governo”.

“Me integro a esse partido, protagonista da social democracia brasileira”, disse Ezequiel Ferreira sobre o PSDB

No gabinete da liderança do PSDB no Senado em Brasília, com a presença de líderes nacionais da legenda, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza e o deputado estadual Gustavo Carvalho assinaram a ficha do PSDB do Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (16).

Prestigiaram o ato, além do deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Estado, os senadores Aécio Neves, Cássio Cunha Lima, José Serra, Antônio Anastasia, Flexa Ribeiro, Ataídes Oliveira e Aloisio Nunes Ferreira e os deputados Antônio Imbassahy e Carlos Sampaio, o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão e líderes nacionais.

“Me integro a esse partido, protagonista da social democracia brasileira, alinhado aos anseios de justiça social, ética na política, transparência, respeito a coisa pública e gestão empreendedora. Tudo em sintonia ao que o país clama hoje nas ruas e que será debatido desde já em cada município”, postou Ezequiel em seu Twitter.

“O PSDB foi o partido pelo qual foi eleito pela primeira vez vice-prefeito de Currais Novos, quando iniciei nossa vida pública. Vamos somar com o crescimento da legenda no Rio Grande do Norte e agradeço o convite ao deputado Rogério Marinho e a executiva nacional.  Vamos fazer um partido maior, somando forças como o deputado Gustavo Carvalho e outros parlamentares e lideranças que vão multiplicar a cada dia, somando nossa história em prol do nosso Estado mais forte e um Brasil voltado para o desenvolvimento do seu povo”, afirmou.

Cadê o atestado de “boa conduta” de Lula Jararaca!

ter lula careta um

Todo cidadão brasileiro tem que ter um atestado de bons antecedentes (de boa conduta) para assumir um emprego ou um cargo no país. Cadê o atestado de boa conduta de Lula? Como é que ele pode assumir um ministério? Só sendo no Brasil do PT.

Ministro Henrique discute no Rio legado da Olimpíada para o turismo brasileiro

henrique_turismo

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, e o ministro do Esporte, George Hilton, se reuniram nesta quarta-feira (16) com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o vice-governador do estado, Francisco Dornelles, para tratar das ações de preparação do governo para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A comitiva também visitou o Museu do Amanhã, localizado na Praça Mauá, no centro da cidade.

“Este é o grande momento. Além do esporte da medalha, há um outro esporte que queremos que pratiquem no Brasil, que é o de conhecer e descobrir o nosso país. Vamos receber aqui 206 países e 25 mil jornalistas. A Olimpíada, sem dúvida, irá representar o grande momento para o mundo descobrir esse novo Brasil que queremos fazer e o Turismo é um dos grandes legados desse grande evento”, afirmou o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.

Durante o encontro, o ministro defendeu a inclusão de atrações de festividades juninas no Boulevard Olímpico, iniciativa que contará com programações culturais e transmissões das competições esportivas em três áreas da cidade: Parque Madureira, Centro Esportivo Miécimo da Silva e Zona Portuária. No último mês, Henrique Alves se reuniu com músicos do forró e parlamentares e definiu uma extensa agenda de divulgação dos festejos juninos. A apresentação da cultura junina no Rio durante a Olimpíada é uma forma de projetar os festejos para todo o mundo.

Juízes federais apoiam Sergio Moro

sergiomoro
A Associação dos Juízes Federais divulgaram uma nota de apoio a Sergio Moro.

Leiam:

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) vem a público manifestar total apoio ao juiz federal Sérgio Moro, titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, na condução dos processos relacionados à Operação Lava Jato.

O juiz federal Sérgio Moro retirou o sigilo do processo de interceptação telefônica deferido judicialmente – com concordância do Ministério Público Federal – em face do ex-presidente Lula, que revela diálogos de graves repercussões, inclusive com a presidente da República Dilma Rousseff.

O artigo 5º, LX, da Constituição Federal estabelece como princípio a publicidade dos atos processuais. A prova resultante de interceptação telefônica só deve ser mantida em sigilo absoluto quando revelar conteúdo pessoal íntimo dos investigados. Tal não acontece em situações em que o conteúdo é relevante para a apuração de supostas infrações penais, ainda mais quando atentem contra um dos Poderes, no caso o Judiciário.

“Nos termos da Constituição, não há qualquer defesa de intimidade ou interesse social que justifiquem a manutenção do segredo em relação a elementos probatórios relacionados à investigação de crimes contra a Administração Pública”, diz a fundamentação da decisão do juiz federal Sérgio Moro.

As decisões tomadas pelo magistrado federal no curso deste processo foram fundamentadas e embasadas por indícios e provas técnicas de autoria e materialidade, em consonância com a legislação penal e a Constituição Federal, sempre respeitando o Estado de Direito. No exercício de suas atribuições constitucionais, o juiz federal Sérgio Moro tem demonstrado equilíbrio e senso de justiça.

A Ajufe manifesta apoio irrestrito e confiança no trabalho desenvolvido com responsabilidade pela Justiça Federal no Paraná, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, bem como pelo Superior Tribunal de Justiça e pelo Supremo Tribunal Federal – todas a partir da investigação da Polícia Federal, Receita Federal e do Ministério Público Federal.

A Ajufe não vai admitir ataques pessoais de qualquer tipo, principalmente declarações que possam colocar em dúvida a lisura, a eficiência e a independência dos juízes federais brasileiros.

Se prepara “jararaca” que AMANHÃ VAI SER MAIOR

A posse de Lula foi antecipada para amanhã às 10 horas, porque ele está com medo do juiz Sergio Moro.

Os manifestantes que, hoje à noite, lotaram a Esplanada prometem que ele não vai assumir e gritam: AMANHÃ VAI SER MAIOR!

PRB anuncia saída da base do governo

prbO Partido Republicano Brasileiro (PRB) anunciou, há pouco, que saiu da base de apoio ao governo da presidente Dilma Rousseff no Congresso Nacional. Na Câmara dos Deputados, a bancada do PRB tem 21 parlamentares e é liderada pelo deputado Márcio Marinho (BA). O presidente nacional do partido, Marcos Pereira, anunciou a decisão após reunião com a bancada na Câmara. Segundo ele, o Brasil precisa superar a atual crise política e econômica para evitar mais sofrimento do povo.

Com a saída da base, o PRB deve abrir mão do seu principal cargo no governo: o Ministério do Esporte, comandando pelo ex-deputado George Hilton e de fundamental importância no ano em que o Brasil recebe os Jogos Olímpicos. O líder do DEM, deputado Pauderney Avelino (AM), comentou no Salão Verde: “Foi assim que começou o impeachment do Collor, com a saída dos partidos da base.”

Dilma explica conversa com Lula e promete medidas judiciais contra Moro

A presidenta Dilma Rousseff divulgou hoje (16) à noite nota em que explica o teor da conversa telefônica entre ela e o ex-presidente e agora ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, gravada pela Operação Lava Jato e divulgada após o juiz federal Sérgio Moro retirar o sigilo do processo. Dilma afirma que a conversa teve “teor republicano”, repudia “com veemência” a divulgação e diz que vai adotar medidas para reparar o que classificou como “flagrante violação” da lei e da Constituição Federal.

Segundo a presidenta, o termo de posse de Lula como novo ministro-chefe da Casa Civil foi encaminhado para que ele assinasse caso não pudesse comparecer à cerimônia, marcada para esta quinta-feira (17). “A cerimônia de posse do novo ministro está marcada para amanhã às 10 horas, no Palácio do Planalto”, disse Dilma. “Uma vez que o novo ministro, Luiz Inácio Lula da Silva, não sabia ainda se compareceria à cerimônia de posse coletiva, a Presidenta da República encaminhou para sua assinatura o devido termo de posse. Este só seria utilizado caso confirmada a ausência do ministro”, escreveu Dilma no comunicado.

Oposição na Câmara pede renúncia de Dilma e prisão de Lula

Logo após ser divulgado pelas emissoras de TV o áudio de uma conversa da presidenta Dilma Rousseff com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os líderes dos partidos de oposição protestaram no Plenário da Câmara e reuniram-se com a imprensa, no Salão Verde, para pedir a renúncia da presidenta Dilma Rousseff e a prisão do ex-presidente Lula. Segundo eles, a presidenta está obstruindo a Justiça para tentar proteger o ex-presidente.

“É muito triste constatar que o Brasil está sendo governado por uma organização criminosa, se antes foi o senador Delcídio do Amaral [MS – o senador Delcídio do Amaral pediu desfiliação do PT] que tentou obstruir a Justiça, depois foi um ministro [Aloizio Mercadante] que tentou obstruir a Justiça, hoje o Brasil assiste estarrecido a presidente da República Dilma Rousseff, em diálogo com o ex-presidente Lula, tentando obstruir a Justiça. Não tem outro caminho senão a renúncia imediata da presidente da República”, disse o líder do PSDB, deputado Antonio Imbassahy (BA).

Protesto contra nomeação de Lula fecha a Avenida Paulista

paulista

Manifestantes fecharam um dos sentidos da Avenida Paulista para protestar contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil e contra o governo Dilma. Eles estão concentrados no Museu de Arte de São Paulo (Masp) e vestem camisas do Brasil, seguram bandeiras e cartazes contra a presidenta Dilma Rousseff e o ministro Lula. Eles cantam o Hino Nacional, entoam palavras de ordem contra o governo petista, gritam “Renuncia, renuncia”, batem panelas e fazem barulhos com vuvuzelas.

Nas redes sociais, as manifestações ganham destaque. A hashtag #OcupaBrasilia está em primeiro lugar no trending topics (os dez assuntos mais comentados na rede) no Brasil e em segundo no mundo. No microblog, há comentários como “Vamos, gente! Vamos lá! Vamos ficar, até Dilma renunciar!” e “Sérgio Moro é herói, arriscou sua carreira inteira liberando esses áudios! Esse sim é um cidadão de verdade!”.

“PT e presidente debocham dos brasileiros”, diz Rogério em manifestação contra de Lula

Os deputados que fazem parte da bancada de oposição ao governo do PT realizaram na tarde desta quarta-feira (16) uma manifestação contra a nomeação do ex-presidente Lula da Silva para o Ministério da Casa Civil. O deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Rio Grande do Norte, também esteve presente no protesto, realizado em frente ao Palácio do Planalto.

“Viemos mostrar nosso repúdio a esse escárnio, esse deboche que a presidente e o PT cometem contra o povo brasileiro. Eles não entenderam o recado, quando 6 milhões de pessoas foram às ruas no maior protesto da história do país, e a resposta do governo é trazer Lula, para dar um golpe na nação, fugir da justiça”, disse Rogério em vídeo publicado nas suas redes sociais.

Wilma de Faria deixa filiação para a prorrogação

E a ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, ainda não se decidiu em qual partido vai se filiar. Deixará tudo para os 45 minutos do segundo tempo. Ou seja, amanhã. E pode ter direito a prorrogação.

Só restam duas alternativas: PPS ou PSDB. To apostando na última.

O mesmo vale para a deputada estadual, Márcia Maia

Para Agripino, divulgação de grampo comprova tentativa do governo blindar Lula

agripino_grampo

Em discurso no plenário do Senado na noite desta quarta-feira (16), o líder da oposição, José Agripino (RN), convocou o Congresso Nacional a votar o processo de impeachment da presidente e falou sobre a quebra de sigilo de uma ligação entre Lula e Dilma divulgada pelo juiz Sérgio Moro hoje no final da tarde.

De acordo com o Agripino, a escuta telefônica feita pela justiça comprova claramente que o governo tentou blindar o ex-presidente Lula. “As evidências são graves, gravíssimas. Pela crueza dos fatos divulgadoa agora à noite, o Congresso Nacional precisa se definir e apoiar de forma aberta o impeachmetn da presidente Dilma”, sentenciou Agripino sob o olhar atento dos senadores petistas Gleisi Hoffman (PR) e José Pimentel (CE).

O diálogo divulgado pela justiça de Curitiba mostra uma conversa telefônica entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff onde a chefe do Executivo federal diz que encaminhará ao líder petista o “termo de posse” de ministro. Na ligação Dilma comunica a Lula que o termo de posse só deveria ser usado “em caso de necessidade”. “Esgarçou-se o tecido brasileiro. Não alternativa ao Congresso se não votar o processo de impeachment rapidamente”, concluiu o presidente nacional do Democratas.

Em ligação para Dilma, Lula manda novamente que “enfiem no c*” processo

Em áudio publicado na internet, é possível ouvir uma ligação entre o ex-presidente Lula, a presidente Dilma Rousseff e o ministro do Gabinete Civil, Jaques Wagner. A gravação teria sido feita no dia 08 de março, quando o ex-presidente foi levado para prestar depoimento na Polícia Federal.

Em nove minutos, Lula diz que “temos um STF acovardado. Temos um presidente da Câmara fudido. Um presidente do Senado fudido. Não sei quantos parlamentares ameaçados. E estou assustado com a República de Curitiba. A partir de um juiz de primeira instancia, tudo pode acontecer. Estou pensando em mandar todo o acervo e jogar em frente ao Ministério Público. Eles que enfiem no cú e tomem conta disso”.

Confira abaixo:

Com filiação de Ezequiel e Gustavo, Rogério diz que “PSDB passa a ser protagonista da política potiguar”

filia

O PSDB do Rio Grande do Norte recebeu na tarde desta quarta-feira (16) as filiações dos deputados estaduais Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa, e Gustavo Carvalho, que juntamente com o deputado José Dias, comporão a bancada tucana na casa. O ato de filiação dos dois parlamentares foi realizado no gabinete da liderança do PSDB no Senado, e contou com a presença de líderes nacionais da legenda.

Estiveram presentes no ato, além do deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Estado, os senadores Aécio Neves, Cássio Cunha Lima, José Serra e Antonio Anastasia, e os deputados Antonio Imbassahy e Carlos Sampaio.

“O PSDB passa a ter outra estatura em nosso estado e dará a sua contribuição para o fortalecimento do partido a nível nacional. Não tenho dúvida que o PSDB passa a ser protagonista importante da política potiguar”, disse Rogério Marinho em vídeo publicado nas suas redes sociais.

Batata foi pra filiação de Gustavo Carvalho em Brasília?

O vereador Batata esteve ausente hoje à sessão da câmara municipal de vereadores de Caicó. Será que ele foi para Brasília (DF) acompanhar a filiação do deputado estadual Gustavo Carvalho, seu líder político, ao PSDB.

Homi! Vai logo pro PT José Adécio!!!

O deputado estadual José Adécio está fazendo “muita fita” como se dizia antigamente. Uma hora deixa o DEM e vai pra tal partido. Noutra hora fica “amuado” e não vai mais praquele partido. Agora ficou “insatisfeito” com o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e não vai mais para o PSD.

Depois ficou…

Homi! Vá logo pro PT!

Quem era Vivaldo Costa! Com medo de Batata!!!

ter eleições 2006Do deputado estadual Vivaldo Costa:

-“Eu só iria para o PSDB se Ezequiel Ferreira fosse assumir imediatamente a Presidência do Diretório Estadual, o que não vai ocorrer. O comando do partido permanece sob a liderança do deputado federal Rogério Marinho, que já tinha um compromisso assumido com o vereador Batata, em Caicó, e eu respeito. Então decidi permanecer no PROS, pelo fato de liderar um sistema político em Caicó”.

Com medo da candidatura do vereador Batata a prefeito de Caicó, Vivaldo não segue Ezequiel.

 

Felipe Maia participa de movimentação contra nomeação de Lula

felipe_protesto

Juntamente com demais parlamentares oposicionistas, o deputado federal Felipe Maia (DEM) participou de movimentação em frente ao Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (16), contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil.

Com o reforço de manifestantes que ocupavam o local, o grupo carregava faixa com os dizeres do próprio novo ministro: “Quando um pobre rouba, vai para a cadeia. Mas quando um rico rouba, ele vira ministro”. A frase foi usada por Lula em 1988. “Demonstramos nossa insatisfação e indignação pelo fato de a nomeação do ex-presidente Lula ser uma clara tentativa de obstrução da Justiça, além de ser uma confissão de culpa”, destacou o potiguar.

Walter Alves participa de reunião da comissão que discute exploração do pré-sal

walter_comissao

O deputado federal Walter Alves (PMDB-RN) participou, na manhã de hoje (16), da reunião de instalação da Comissão Especial que vai analisar o Projeto de Lei nº 4567/16, de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), que retira da Petrobras a obrigatoriedade de participar da extração de petróleo da camada pré-sal. Walter é membro titular da Comissão.

A proposta já foi aprovada no Senado e tramita na Câmara dos Deputados em regime de prioridade. O PL 4567/16 garante à Petrobras o direito de preferência para atuar como operadora e com a participação mínima de 30% nos consórcios formados para exploração de blocos licitados no regime de partilha.

Atualmente, a Lei 12.350/10 determina que a Petrobras seja a operadora exclusiva responsável pela condução e execução de todas as atividades de exploração, avaliação, desenvolvimento, produção e desativação das instalações de exploração e produção de petróleo. O projeto retira essa exclusividade da Petrobras como operadora do pré-sal, permitindo que outras empresas possam ser responsáveis por tais atividades.

Foro privilegiado para Marisa, Lulinha e Luleco

Lula acredita que obterá no STF a extensão do foro privilegiado a todos os membros da sua família investigados pela Lava Jato.

No mensalão, o foro privilegiado foi garantido a pessoas sem mandato ou cargo de ministro porque elas estavam relacionadas a processos de denunciados que contavam com a prerrogativa. Foi o caso de José Dirceu.

A solução seria Sergio Moro tentar fatiar as denúncias contra Lula, responsabilizando individualmente os seus filhos e mulher. Mas, ainda assim, Lula poderia recorrer.

Sem comentários.

Nomeação de Lula com ministro é publicada em edição extra do Diário Oficial

Em decreto publicado em edição extra do Diário Oficial da União, a presidenta Dilma Rousseff nomeia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil. Foram publicadas também as demais nomeações anunciadas pela presidenta nesta tarde. Jaques Wagner, que ocupava a Casa Civil é nomeado para exercer o cargo de ministro de Estado Chefe do Gabinete Pessoal da Presidenta da República.

Álvaro Henrique Baggio passa a exercer o cargo de Secretário Executivo do Gabinete Pessoal da Presidenta da República. Eugênio José Guilherme de Aragão assume o Ministério da Justiça e Wellington César Lima e Silva é exonerado. Mauro Ribeiro Lopes passa a exercer o cargo de Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República.

Juiz Sérgio Moro retira sigilo da Lava Jato e divulga grampo de Lula e Dilma

lula dilma estadaoA Operação Lava Jato interceptou uma ligação telefônica entre a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A constatação está em um documento anexado em um dos procedimentos que tramitam na 13ª Vara Federal em Curitiba, comandada pelo juiz federal Sérgio Moro.

A divulgação foi feita após despacho de Moro, que decidiu retirar o sigilo do processo. As justificativas ainda não foram divulgadas pela Justiça Federal no Paraná.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias