Dia: 31 de maio de 2015

Cunha quer tornar mais rígido o acesso de nanicos ao fundo partidário

cunhael

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ainda vai tentar tornar mais “rígido” o acesso ao fundo partidário dos partidos pequenos e reduzir o tempo de propaganda eleitoral – medida que também provocaria redução do tempo de campanha. As mudanças viriam em projetos de lei infraconstitucionais, que precisam de menos votos para serem aprovados. Ele pretende votar as propostas até o fim da segunda semana de junho, quando concluirá o primeiro turno da reforma política.

“Quando a Câmara decidiu que não vai mudar o sistema eleitoral, é óbvio que não ia votar o fim da coligação proporcional e nem ia votar cláusula de barreira muito forte. É importante saber o seguinte: não foi fruto de qualquer acordo a manutenção da coligação proporcional. O que aconteceu é que três partidos médios, o PR, o PP e o PSD decidiram que iam votar contra o fim das coligações proporcionais. São partidos que têm deputados no Norte e Nordeste que só se elegem naquela região pela coligação proporcional”, disse ele à Agência Estado.

COSERN informa sobre processo de aquisição de terreno em São João do Sabugi

cosernA Cosern está em processo de aquisição de terreno com as dimensões de 65 x 65 às margens da rodovia que liga os municípios de São João do Sabugi e Caicó (RN-118), a 300 metros do poste M90567, no município de São João do Sabugi.

Os interessados poderão encaminhar propostas até dia 10 de junho, ao departamento de Saúde, Segurança e Administração da Cosern que fica em Natal, na Rua Jean Mermoz, 150, no Baldo – CEP:. 59.025-250.

‘Consultorias’ de Palocci e Dirceu são investigadas em contratos do pré-sal

jose_dirceuA força-tarefa da Operação Lava Jato investiga se os pagamentos das empreiteiras WTorre e Engevix por consultorias dos ex-ministros Antonio Palocci e José Dirceu, entre 2007 e 2012, podem ter servido para ocultar propina do esquema de cartel e corrupção, na Petrobrás, em contratos do pré-sal.

De acordo com o jornal Estado de São Paulo, Os investigadores da Lava Jato encontraram indícios de desvios de recursos da Petrobrás na construção do Estaleiro Rio Grande (RS), iniciada em 2006, e nos contratos fechados para produção de cascos de plataformas e sondas de exploração de petróleo, no local, a partir de 2010.

Uma das unidades é a base da P-66, que ficou pronta no final do ano passado e está desde dezembro, no Estaleiro BrasFels, em Angra dos Reis (RJ), em fase de montagem para entrar em operação 2016, no Campo de Lula (BM-S-11) – na Bacia de Santos. O bloco do pré-sal é operado pela Petrobrás em parceria com a inglesa British Gas e a portuguesa Galp Energia.

Presidente do PROS é acusado de fraudar atas para mudar o estatuto

euripedes_juniorNão é novidade que a criação de partidos políticos se tornou um negócio lucrativo para aproveitadores de todo o tipo. Os benefícios incluem o acesso a recursos do fundo partidário, um percentual do salário dos apadrinhados na máquina pública e, sobretudo, a venda do tempo de TV a siglas maiores. Hoje, 28 partidos possuem representação no Congresso. Entre eles, há muitos cujo conteúdo ideológico é o que menos importa. O caso mais representativo talvez seja o do Pros, criado em 2013, segundo a revista Veja.

A legenda é presidida por Eurípedes Júnior, cuja maior vitória foi a conquista de um lugar na Câmara de Vereadores de Planaltina (GO), no entorno do Distrito Federal. Menos de dois anos depois de fundar o partido, Eurípedes é alvo de graves acusações. Ao nascer, o Pros atraiu parlamentares e membros de outros partidos. Certamente não por causa das suas bandeiras, genéricas e similares às de outras siglas. As migrações se devem sobretudo à janela aberta a cada vez que nasce uma legenda.

É uma das poucas oportunidades que políticos com mandato possuem de trocar de sigla e manter o cargo. Sem qualquer identidade ideológica, o partido tem doze deputados federais e um governador. Chegou a comandar o Ministério da Educação, por meio do destemperado Cid Gomes. Não demorou muito para que o partido se mostrasse igual aos demais também em outro aspecto. Há indícios de que Eurípedes Júnior fraudou as atas de duas reuniões da legenda: uma para alterar o estatuto e outra para emplacar amigos e parentes na Executiva da sigla.

Prefeito de Currais Novos definirá novos secretários

Depois de retornar de Brasília, o prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, deve definir mudanças no seu secretariado. Estariam na pauta as pastas de Infraestrutura e Serviços Urbanos e do Trabalho, Habitação e Assistência Social.

Preso pode ter sido soterrado em Alcaçuz

alcacuz (1)Segundo contagem da direção da Penitenciária de Alcaçuz, na manhã de ontem (30), apenas um preso, identificado por “Negão”, não foi localizado. Natural de Arês, ele cumpre pena por roubo, assalto e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo a Polícia Militar, “Negão” pode ter fugido pelo túnel encontrado há dois dias ou ter sido soterrado. As buscas no local das escavações continuam na manhã de hoje (31), mas as visitas acontecerão normalmente.

Proporcionalidade de votos mantém distorções

AngeliUrna624Com a derrota do fim das coligações e proporcionalidade de votos, mantém-se a disparidade entre as chances de cada candidato. No Rio Grande do Norte um exemplo clássico foi a ex-deputada Larissa Rosado (PSB), que obteve mais de 32 mil votos e não se elegeu, enquanto Souza Neto (PHS) chegou à Assembleia Legislativa com pouco mais de 20 mil votos.

Ministério Público lança prêmio de jornalismo

jornalismoO Ministério Público do Rio Grande do Norte lança nesta segunda-feira (1º), Dia da Imprensa no Brasil, o III Prêmio de Jornalismo da Instituição. A terceira edição do Prêmio será apresentada pelo Procurador-Geral de Justiça Rinaldo Reis Lima e o Presidente da Associação do Ministério Público (Ampern) em café da manhã aos jornalistas na sede da PGJ, em Candelária, e em Mossoró na sede das Promotorias de Justiça.

Entre as novidades do III Prêmio de Jornalismo do MPRN estão a inclusão de mais uma categoria, a de fotojornalismo, a possibilidade de participação também de estagiários e o incremento da entrevista como peça que pode concorrer ao prêmio.

Fim da reeleição para cargos do Executivo não altera quadro político no RN

A decisão da Câmara dos Deputados de aprovar emenda à Constituição Federal que acaba com a reeleição para cargos do Executivo (presidente, governador e prefeito) não traz mudanças relevantes no contexto da política potiguar. É que a medida só vale para os eleitos a partir de 2018. Ou seja: o governador Robinson Faria (PSD) poderá disputar a reeleição.

Em nível municipal a história se repete. O prefeito Francisco José Júnior (PSD) segue com esperanças de garantir na Justiça o direito de tentar mais um mandato. Tudo dependerá de como a Justiça Eleitoral vai se posicionar no próximo ano.

Existem duas correntes: 1) a que entende que ele foi reeleito na eleição suplementar de 2014 (fato entendido pelo então juiz eleitoral Herval Sampaio que não foi objeto de questionamento); 2) a segunda corrente interpreta que o prefeito cumpre um mandato de um período fracionado e por isso tem direito de renovar o mandato no próximo ano.

Em Natal, não há polêmica. O prefeito Carlos Eduardo poderá disputar a reeleição sem qualquer problema, conforme texto aprovado na Câmara dos Deputados.

O Mossoroense

Vaias e beijaços param viagens de Cunha

Depois de receber vaias de militantes gays em vários dos estados que visitou desde que assumiu a Presidência da Câmara, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) suspendeu temporariamente as viagens do projeto Câmara Itinerante. O projeto inclui visitas do parlamentar aos 27 estados brasileiros até que se conclua seu mandato de dois anos, diz Luciana Lima, no blog Poder Online.

A informação é da assessoria de imprensa do deputado. Entre os estados que já tiveram as visitas canceladas estão, Santa Catarina, Minas Gerais e Espírito Santo. Das visitas realizadas, Cunha foi vaiado em todos os estados e precisou enfrentar beijaços no Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Homem foi vítima de tentativa de homicídio em Caicó

Foto: Jair Sampaio
Foto: Jair Sampaio

A Polícia Militar registrou a tentativa de homicídio contra Geraldo Severino da Silva, de 51 anos, na zona oeste de Caicó. Ele caminhava pela rua Maria Rufino dos Anjos, no bairro João XXIII, zona oeste de Caicó, quando foi atingido por um disparo de arma de fogo no abdômen.

Seu Geraldo, como é popularmente conhecido, informou aos policiais que atenderam a ocorrência que não sabe a motivação e nem reconheceu o acusado. Ele chegou a ir para casa, mas foi socorrido pelo SAMU ao Hospital Regional do Seridó, onde foi submetido a uma cirurgia.

Nono dígito no celular será acrescentado neste domingo no RN

iphone5A partir deste domingo, 31, serão alterados os números de celulares no Rio Grande do Norte e mais cinco estados nordestinos. Além do RN, os estados contemplados são Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Ceará e Piauí. Estes estados tem DDDs de 81 a 89.

O dígito 9 (nove) deverá ser acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx. Por um determinado período, as ligações marcadas com oito dígitos ainda serão completadas, para adaptação das redes e dos usuários. Gradualmente haverá interceptações e os usuários receberão mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Após esse período de transição, as chamadas marcadas com oito dígitos não serão mais completadas.

Saiba o que você precisa fazer para adaptar seu WhatsApp ao nono dígito

unnamedCom as mudanças que Anatel programou para domingo (1º), quando passam as vigorar as regras do nono dígito, muitos usuários de telefonia móvel se perguntam se será necessário fazer alguma alteração no aplicativo que é febre: o WhatsApp.

A dica para os apressadinhos é que não façam nenhuma alteração no app, pois WhatsApp inclui automaticamente o nono dígito para todos os usuários dos DDDs que passarem pela mudança. A partir de hoje, além de RN, Paraíba, Alagoas, Ceará e Piauí passam pelas modificações.

Temer diz que “havia certa razão” nas queixas de que o PT não queria partilhar poder

temer_folha

Articulador político do Palácio do Planalto, o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) admite que o governo cometeu “equívocos” no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, mas pede um ano de “compreensão” à população para que as medidas de correção da política econômica tenham resultado. “O grande problema é quando você não confessa o equívoco”, disse em entrevista à Folha nesta sexta-feira (29), um dia após a aprovação pelo Congresso das medidas provisórias do ajuste fiscal. “Mas eu sou governo e estou reconhecendo os equívocos”.

Entre eles, Temer cita as chamadas pedaladas fiscais, o uso de bancos públicos para pagar despesas do Tesouro e arrumar as contas do governo. “Mais um equívoco, que tem de ser confessado”, disse, ressalvando que foram praticadas também pelos antecessores de Dilma. Prestes a completar dois meses como articulador das relações com o Congresso, Temer diz que passou a dormir cerca de quatro horas por noite para dar conta da função.

O cansaço dos últimos dias, recompensado segundo ele pela aprovação das medidas provisórias do ajuste fiscal, causou uma raridade. Atrasou-se para a entrevista com a Folha, depois de passar a madrugada assistindo a filmes. Um deles de nome sugestivo: “Relatos Selvagens”. Temer, que na semana passada deu um ultimato a setores do governo que estavam “trabalhando contra” o ajuste, relata sua conversa com Dilma sobre o episódio.

“Disse: a senhora vai viajar [para o México], mas eu não quero ser responsabilizado porque sinto um titubeio do governo em relação às medidas do ajuste”, acrescentando que a presidente disse confiar nele e o prestigiou, o que, afirma, deu resultado porque o pacote passou no Congresso. Temer diz ainda que “havia certa razão” nas queixas de que o PT não queria partilhar poder, afirma que se os acertos feitos por ele não forem cumpridos “perde sentido” sua permanência no posto e avisa que o PMDB, do qual é presidente, cansou do papel de “noiva preferida” nas eleições presidenciais e terá candidato próprio em 2018.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Álvaro Dias na lama

O prefeito de Natal, Álvaro Dias esteve ontem (9) visitando o centro de Natal. Foi dar uma olhada nas obras de recuperação do “Beco da

Leia Mais

Silveirinha está “barrado”

Nomeados pelo atual prefeito Silveirinha, os dirigentes da nova autarquia terão mandato de cinco anos, isto é, até o mandato do sucessor da prefeita eleita

Leia Mais

“A venda da democracia”

Ao analisar o repasse de propina da Andrade Gutierrez ao PT por meio de doações eleitorais oficiais, a força-tarefa da Lava Jato chega a uma

Leia Mais