Dia: 28 de março de 2012

Seca: 71 cidades dependem de carros-pipa no RN

Pelo menos 71 municípios do Rio Grande do Norte estão participando da Operação Carro-Pipa do Governo Federal. 
A ação coordenada pelo Exército Brasileiro já toma conta de quase 50% das cidades potiguares. 

Luís Gomes, a 450 quilômetros de Natal, sem água desde o mês de novembro, usa atualmente 18 carros-pipa para abastecer a população, sendo cinco da Prefeitura, quatro da Companhia de Águas e Esgotos (Caern) e o restante da União. 

Apesar dessa situação, até o momento o Estado homologou apenas um pedido de situação de emergência, vindo de Jucurutu. 
E apesar da necessidade de abastecimento, o município não declara situação de seca, mas de estiagem.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil do Estado, o tenente-coronel Josenildo Acioli, o único município que decretou situação de emergência por falta de água foi Jucurutu, e o pedido inclusive, já foi homologado pelo Governo do Estado. 

A situação de emergência parte de um decreto da Prefeitura baseado em um relatório dadefesa civil do município, que relata as condições emergenciais da cidade. 
A Prefeitura pode pedir o reconhecimento federal. 

O coronel salientou que apesar de não existirem vários decretos de emergência, a quantidade de municípios que participam da Operação Carro-Pipa é considerável. 

“O procedimento para ser incluso na Operação Pipa é o prefeito enviar um ofício ao secretário nacional de Defesa Civil pedindo a operação e mandar também vários dados, como a população afetada pela estiagem”, explicou. 
Entre o pedido e a chegada dos carros-pipa, o tempo médio de espera é de 30 dias. 

Atualmente são 71 cidades participando, mas não é possível saber o tempo exato que cada uma está dependendo do abastecimento, visto que quando chove o serviço dos carros é suspenso, podendo voltar diante da necessidade.

Diário de Natal

Tem prefeito da região investindo em imóvel em Caicó

Uma fonte de Coturno Alto contou ao blogue que um prefeito da região comprou um terreno na cidade de Caicó pelo valor de R$ 180 mil reais. Pagamento à vista em espécie.  O terreno fica localizado perto do contorno viário que está sendo construído na cidade. Em ano de eleição tem prefeito investindo dinheiro em imóvel. Quem será o felizardo?

Conspiração em Ouro Branco poderá tirar Dr. Araújo da chapa e dividir a oposição

Em Ouro Branco, uma articulação vem sendo feita debaixo do pano. É que o PT da pré-candidata Fátima Araújo vem tramando tirar o ex-prefeito Dr. Araújo (PSB) da chapa. Desde o início ficou acertado com o mandachuva Zé de Luzia, pai da candidata, que Dr. Araújo seria o vice. Mas, o vice-prefeito Amariudo dos Santos (PPL), sonha em indicar a irmã, diretora da Escola Estadual Manoel Correia, Eurinete Santos vice. Corre por fora ainda o nome do professor Milton Dantas (PT), que passou a ir mais Ouro Branco, já que residia em Nova Parnamirim.

O nome de Fátima vem perdendo combustível. Um grupo que Fátima e Zé de Luzia escuta, rejeita muito Dr. Araújo. O blogue soube que Fátima anda até desprezando a ex-vereadora Magui Diniz, que dirige o PSB no município. Fátima não quer Magui em seu palanque. Magui ameaça lançar Dr. Araújo a prefeito, caso a conspiração seja efetuada até junho. Fátima até o ano passado era aliada número um do prefeito Nilton Medeiros (PTB) e do ex-prefeito Zé Braço (PR), que empregaram ela como dentista em Ouro Branco.

Micarla de Sousa ainda faz mistério sobre candidatura

A prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), faz mistério sobre sua possível candidatura à reeleição. Ela disse que já tomou a decisão, mas só anunciará em maio. A justificativa para a demora é para “não prejudicar a administração”. Na verdade, a gestora, que tem 90% de desaprovação e mais de 70% de rejeição, nas pesquisas divulgadas até agora, pretende evitar um maior desgaste.

Micarla de Sousa atribui a má avaliação da sua administração ao fato de, segundo ela, ter optado por “cuidar de gente em vez de asfalto”. A prefeita também reclama da falta de parceria nos três primeiros anos de sua gestão. Para este ano, a pevista anunciou uma série de obras de infraestrutura, por meio das quais pretende reverter a avaliação negativa e viabilizar sua candidatura à reeleição.

Mineiro age em 2012 de olho em 2014

Embora não tenha conseguido subir na preferência do eleitorado nem reunir o apoio de outras legendas em torno do seu nome, o deputado estadual Fernando Mineiro está decidido a disputar a prefeitura de Natal.

A candidatura dele é vista como uma forma de aumentar seu potencial eleitoral com vistas ao pleito de 2014, quando será candidato à reeleição. Nas últimas eleições, o petista tem sido eleito por estratégia de legenda, com total de votos bem abaixo dos seus colegas de plenário.

Nos bastidores, comenta-se que a deputada federal Fátima Bezerra poderá assumir o lugar de Mineiro, caso o partido entenda que as chances de vitória aumentam com a sua presença na chapa. Mas o projeto da deputada é mesmo disputar as eleições majoritárias para o Senado em 2014.

Rogério Marinho caminha para receber apoio de DEM e PMN

Apesar de ainda não ter conseguido decolar nas pesquisas de opinião, Rogério Marinho está conseguindo se viabilizar politicamente como o candidato do sistema liderado pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Além do Democratas, que já não cogita mais a possibilidade de lançar candidatura própria, o tucano conta também com a simpatia do PMN, do presidente da Assembleia Legislativa (AL), deputado Ricardo Motta.

Fontes ligadas aos democratas afirmam que Rogério ganhou a simpatia do partido por sempre ter agido corretamente com a governadora, mostrando-se um aliado fiel. A capacidade de organização e mobilização política do tucano também é elogiada. Outro fator decisivo para o apoio é a “escassez de pré-candidatos governistas”. O único outro pré-candidato da base é Hermano Morais, que não apoiou Rosalba nas eleições do ano passado.

Precatórios do TJ: Ubarana aponta envolvimento de desembargadores

No depoimento prestado ao Ministério Público Estadual, após a assinatura de um termo de colaboração premiada, Carla Ubarana teria incluído o nome de três desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Entretanto, os detalhes fornecidos por Carla Ubarana se referiam diretamente a irregularidades em ordens de pagamento dos precatórios. Segundo fonte que acompanha o caso, ainda não há comprovação sobre o beneficiamento com o dinheiro desviado ou uma possível divisão entre os magistrados. 

Dois deles, ainda de acordo com informações internas, estariam prestes a se afastarem das funções na Justiça do RN, por iniciativa própria.

Vivaldo diz que chapa de Serginho e Geilza é fortíssima em Serra Negra

Ao comentar o processo sucessório em Serra Negra do Norte, o deputado Vivaldo Costa (PR) lembrou da disposição do ex-deputado Carlos Augusto Rosado (DEM) em apoiar o pré-candidato do PSDB, vereador Serginho Fernandes, que deve compor chapa com a atual vice-prefeita Geilza Almeida (PR). “Carlos Augusto quer conversar com Serginho, inclusive ele achou importante a aproximação de Geilza. Seria uma chapa fortíssima”, disse o Papa.

Sobre as tentativas do atual prefeito, Rogério Mariz (PSB), de se reaproximar de Geilza, Vivaldo lembrou que “ela foi muito mal tratada”. “Nem para as solenidades era convidada. Então, não tem motivo para voltar a se compor com Rogério”, afirmou.

Wilma de Faria definirá candidatura em abril

A ex-governadora do estado, Wilma de Faria (PSB), deve anunciar seu futuro na primeira quinzena de abril, logo após a Semana Santa. Pelo menos é o que diz a sua assessoria, que reitera que, por enquanto, ela não falará sobre o assunto, mesmo com a pressão dos vereadores aliados para colocar sua pré-candidatura na rua.

Caso parta para a disputa pela cadeira de prefeita, Wilma já deve ter quatro oponentes diretos: Carlos Eduardo (PDT), Hermano Morais (PMDB), Fernando Mineiro (PT) e Rogério Marinho (PSDB). A prefeita Micarla de Sousa (PV) deixou para maio a decisão de disputara reeleição.

Máfia dos Gafanhotos: Sentença pode sair na sexta

O Diário de Natal informa que, com a proximidade do final de março, o processo originado com descoberta da “Máfia dos Gafanhotos”, supostamente liderada pelo ex-governador Fernando Freire (PMDB), caminha para o fim.

O juiz da 4ª vara criminal de Natal, Raimundo Carlyle de Oliveira, informou que poderá proferir a sentença até a próxima sexta-feira. “Estou julgando o processo. Não tenho prazo estipulado. Mas, pode ser que até sexta saia a sentença”. Além de Fernando Freire, são réus no processo o ex-deputado estadual Luiz Almir (PV) e mais 13 pessoas ligadas ao pevista. Os réus são acusados por corrupção, peculato, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

Segundo o juiz Raimundo Carlyle, caso Fernando Freire – que já foi condenado a 84 anos de prisão, mas responde em liberdade – seja considerado culpado, a prisão preventiva dele será decretada. De acordo com a denúncia do MPE, Fernando Freire comandou, de 1995 a 2002, um esquema de desvio de recursos públicos, com o repasse de gratificações a funcionários fantasmas indicados por Luiz Almir. Um dos acusados é o fiel escudeiro do pevista, Márcio Godeiro, que hoje é o secretário de Relações Institucionais da Prefeitura de Natal.

Os réus são acusados pelo desvio de dinheiro público mediante a atribuição de gratificações de representação de gabinete a funcionários fantasmas. Segundo o MP, as gratificações eram emitidas por meio de cheques-salário sacados ou depositados em favor dos próprios réus ou de outras pessoas a eles ligadas. O esquema durou cerca de dois anos e envolvia 13 “laranjas”. O MPE informou que os cheques-salário continham no verso assinaturas falsas endossando o depósito.

Sexo com menor pode não ser estupro

Segundo matéria do Estadão, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que nem sempre o ato sexual com menores de 14 anos poderá ser considerado estupro. A decisão livrou um homem da acusação de ter estuprado três meninas de 12 anos de idade e deve direcionar outras sentenças. Diante da informação de que as menores se prostituíam, antes de se relacionarem com o acusado, os ministros da 3ª Seção do STJ concluíram que a presunção de violência no crime de estupro pode ser afastada diante de algumas circunstâncias.

Na época do ocorrido, a legislação estabelecia que se presumia a violência sempre que a garota envolvida na relação sexual fosse menor de 14 anos. Desde 2009, prevê-se que a idade de “consentimento” para atos sexuais continua a ser 14 anos, mas o crime para quem se envolve com alguém abaixo dessa idade passou a ser o de “estupro de vulnerável”.

De acordo com dados da Justiça paulista, as supostas vítimas do estupro “já se dedicavam à prática de atividades sexuais desde longa data”. A mãe de uma delas chegou a dizer que a filha faltava às aulas para ficar em uma praça com outras meninas para fazer programas em troca de dinheiro.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Os mais rejeitados

Jean-Paul Prates revelou que tem um requerimento já pronto para convocar Fábio Faria para CPI da Covid-19. Jean acha que provoca Fábio e sobe de

Leia Mais

Saindo da toca

Já prestaram atenção? Toda vez que o ex-deputado federal e ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves ‘sai da toca‘ algo de ruim acontece com ele.

Leia Mais