Dia: 25 de outubro de 2011

A agonia de Cássio Cunha Lima

Diplomado pelo TRE da Paraíba, Cássio Cunha Lima acionou Cícero Lucena nesta tarde mesmo para interceder junto a José Sarney e assim acelerar sua posse no Senado. Amanhã, Cássio estará no Congresso com o diploma do TRE debaixo do braço.

Por Lauro Jardim

Poti Júnior vai recorrer a justiça que colocou seus bens indisponibilizados

O deputado Poti Júnior acaba de contar ao blogue que recebeu a notícia do Ministério Público com naturalidade. Ele garante está tranquilo, pois não fez nada de errado. ” Estou muito tranquilo e certo que não houve qualquer irregularidade nas verbas do Fundef o que iremos provar na Justiça”, disse

Ele vai aguardar o andamento do processo.

Já com relação aos bens indisponibilizados, vai recorrer na justiça.

Governo renova incentivos para a indústria têxtil

Incentivos para ampliação do parque têxtil do Estado e geração de empregos, foram os temas da reunião que aconteceu nesta terça-feira (25), entre a governadora Rosalba Ciarlini, e diretores da empresa têxtil Vicunha.

Na reunião, Rosalba Ciarlini assinou um termo de entendimento que prorrogará benefícios do Proadi já concedidos à Vicunha. Com a prorrogação dos benefícios, a fábrica expandirá as instalações, trazendo um investimento de R$ 142 milhões para o Rio Grande do Norte, e aumentando a capacidade de produção em 25% da fábrica instalada no estado, passando para uma produção mensal de 5 milhões de metros de tecido.

Com projetos de aumentar os números do setor, os empresários apresentaram para a governadora Rosalba Ciarlini uma proposta do desenvolvimento de um cluster têxtil no Rio Grande do Norte. Diferentemente do sistema cooperativista, o cluster funciona com administração que gerencia microempresas dentro de um sistema macro. “Já tivemos no país muitos projetos que viabilizaram treinamento para a população, mas apenas isso não é suficiente, falta a habilidade para gerar e gerenciar os negócios”, disse Ricardo Steinbruch.

PT inova no Orçamento e garante aos pequenos municípios emendas de iniciativa popular

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) subiu hoje (25) à tribuna da Câmara dos Deputados para comemorar a iniciativa do deputado federal Arlindo Chinaglia (PT/SP), relator da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2012, de incluir dispositivo que torna o orçamento dos pequenos municípios participativo.

“Saúdo o deputado Arlindo Chinaglia, relator do Orçamento Geral da União, pela sensibilidade política, pela iniciativa de inovar”, disse a deputada federal.

De acordo com o texto, municípios com menos de 50 mil habitantes – no Rio Grande do Norte, 159 se enquadram neste grupo – poderão escolher diretamente onde aplicarão parte dos recursos da União. Serão destinados aos municípios potiguares R$ 66,1 milhões nesta modalidade orçamentária. Veja como será a distribuição deste montante na relação abaixo.

O orçamento deverá ser aplicado em obras preventivas de desastres, estruturação da rede básica de saúde, ações de infraestrutura urbana, construção de escolas de educação infantil e recuperação de escolas públicas e está condicionado à realização de audiência pública.

Confira abaixo como será a distribuição de recursos:

– municípios com até 5.000 habitantes: R$ 300.000,00
– municípios de 5.001 até 10.000 habitantes: R$ 400.000,00
– municípios de 10.001 até 20.000 habitantes: R$ 500.000,00
– municípios de 20.001 até 50.000 habitantes: R$ 600.000,00

 

Compartilhe Quantas vidas terá Orlando Silva?

Na última sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff reuniu-se com o ministro do Esporte, Orlando Silva, para discutirem as denúncias de corrupção que devastam a pasta. Decidiu mantê-lo no cargo por julgar que não havia provas de que tinha recebido propina na garagem do próprio ministério, conforme denúncia do ex-policial João Dias Ferreira, ex-militante do PC do B. A decisão não é definitiva.

Por ora, o ministro sobrevive. O ônus da culpa cabe ao acusador. Mas o imbróglio envolvendo Orlando Silva não se limita às denúncias de seu ex-colega de partido. A quantidade de histórias mal contadas envolvendo desvio de recursos do ministério em benefício do PC do B já ganhou ares de infecção generalizada.

– Muitas incriminações estão mais do que comprovadas. Milhares de Reais repassados para ONGs ligadas ao PC do B por meio do programa Segundo Tempo viraram fumaça. Eram recursos destinados ao estímulo da prática do esporte por jovens carentes que simplesmente desapareceram.

O Democratas tem participado ativamente da apuração dos fatos. Parlamentares do partido conseguiram convocar o policial João Dias Ferreira para esclarecer as denúncias esta semana na Câmara dos Deputados.

Por José Agripino

Câmara dos Deputados aprova projeto que modifica legislação sobre lavagem de dinheiro

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (25), em sessão extraordinária, o projeto de lei 3.443/2008, que altera a legislação que trata da lavagem de dinheiro no país. A principal mudança é a desvinculação do crime de lavagem de dinheiro dos crimes que dão origem aos recursos lavados. Atualmente, só é considerada lavagem de dinheiro quando os recursos são oriundos de crimes como tráfico de drogas. Pelo projeto de lei, os recursos oriundos de qualquer atividade ilícita, como jogo do bicho, por exemplo, passa a ser passível de enquadramento penal como lavagem de dinheiro.

Também foram aprovadas no projeto medidas para evitar que os bens que tenham sido ocultados se deteriorem até o termino do processo. “O juiz poderá determinar a alienação antecipada dos bens para evitar que eles percam o seu valor. O valor desse bem ficará depositado sendo corrigido até o fim do processo. Isso vai alcançar não só os bens dos acusados, mas também os bens em nome de laranjas”, explica o relator do projeto, deputado Alessandro Molon (PT-RJ).

Advogado Fábio Holanda poderá assumir a direção estadual da Caern

O nome da hora para assumir a direção estadual da Caern é o do advogado Fábio Holanda. Ele é o presidente do diretório municipal do PR do deputado federal João Maia em Natal. Mas, possui estreitas ligações com o presidente da assembléia legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta.

Artigo: O relógio e o temperamento de Robinson Faria. Vale a pena ir até o final…

De um leitor do blog do Robson Pires atento aos tempos de debandada do vice-governador da base aliada do governo Rosalba. O leitor foi lá no final de dezembro de 2010, mais precisamente 28 de dezembro, nas vésperas da posse do novo governo e encontrou um artigo do jornalista Adriano de Sousa, publicado no Novo Jornal, sobre as características do político Robinson Faria que nem tinha tomado posse como vice-governadora e já tinha se lançado ao cargo de governador do estado em 2014.

É apressado ou não é esse menino?

Vale muito puxar pela lembrança e constatar como Adriano de Sousa foi vidente neste artigo:

O LUGAR E O TEMPO DE ROBINSON

– Robinson Faria escolheu um lugar apertado, solitário e de ar rarefeito para passar os próximos quatro ou oito anos. O vice-governador saiu da cerimônia de diplomação com o crachá (auto-concedido) de pré-candidato à sucessão da governadora Rosalba Ciarlini. Em 2014, se já não houver reeleição, ou em 2018, se reeleição houver. Salvo, ele mesmo ressaltou, se outro nome apoiado pela governadora mostrar maior densidade eleitoral. A declaração responde, por via indireta, a uma maldade candente no mundinho da política jerimum desde que os dois se elegeram: em quanto tempo afloraria o projeto pessoal do vice, tensionando a aliança e o governo.

Ao esclarecer a dúvida, Robinson fez a manobra básica de qualquer pré-candidato: postular desde agora a primazia no sistema, tentando amarrar apoios prévios e inibir eventuais concorrentes. Mas, ao destacar-se da tropa, o vice coloca-se também no lugar de alvo, dentro e fora do governo. Isso cria uma zona de tensão extra (e desnecessária) no cenário já exacerbado pelas dificuldades que esperam os novos gestores. E não terá agradado à governadora, embora certamente seja hipótese posta ainda na negociação da chapa para 2010.  

A lista conhecida de secretários dá certo conforto a Robinson. Não parece haver ali nenhum nome com patente para a disputa, mas a estrada é longa e tem desvios inesperados. O tempo da política é diferente do tempo físico. O da política não é linear e rígido. Ele se contrai ou distende, acelera ou freia, conforme o dom do relojoeiro. A capacidade de compreender o tempo, lendo o seu conjunto de circunstâncias, ou de criá-lo, antecipando lances definidores, distingue o gênio político do talento mediano.

A história recente tem exemplos de sucesso e de fiasco na aplicação dessa lei temporal. Em 1994, Wilma tentou acelerar o tempo e se deu muito mal. Em 2002, soube ler as circunstâncias e venceu facilmente. Micarla, em 2008, e Rosalba, em 2006 e 2010, conseguiram acelerar o relógio, queimando etapas e furando a fila das “candidaturas naturais” postas com antecedência.  

Como político experiente e bem-sucedido, Robinson fez a declaração de candidatura de caso pensado. É uma tentativa clássica de acelerar o tempo, forçando quatro anos antes o simulacro de fato consumado. O açodamento do vice terá sido instigado pelos calos da experiência. Em 2006 e 2010, ele pelejou pela unção do wilmismo nas eleições ao Senado e ao Governo, sem sucesso. Sucumbiu a nomes e circunstâncias maiores que as pesquisas e as táticas dele.

Robinson sai de 2010 maior do que entrou, mais próximo (literalmente) da cadeira de governador  e na condição de secretário, o que lhe dá a mobilidade política e o controle de recursos que não teria apenas como vice. Certamente o dote orçamentário e de poder é inferior ao dos mandatos consecutivos como presidente da Assembléia Legislativa. Porém, é bem mais do que qualquer outro recebe na partida do novo governo. Agora caberá a Robinson os verdadeiros trabalhos de hércules: mostrar-se confiável ao rosalbismo e aos aliados, impor-se aos eventuais concorrentes internos e provar que acertou ao tentar acelerar o tempo da política.

Como tarefa secundária, terá de modificar ou suavizar traços de imagem que persistem, a despeito (e por causa) da superexposição na presidência do Legislativo. O continuísmo casuístico e a queda de braço com o Ministério Público, no caso da caixa-preta da folha de pagamento da Assembléia, certamente não contribuíram para fortalecer sua imagem de gestor. Ainda recentemente, ao ser sagrado secretário de Meio Ambiente e de Recursos Hídricos, foi alvo, em blogues e portais noticiosos, de comentários atribuindo à empresa dele a destruição de manguezais em Galinhos. Pode ser mera artilharia de adversários ou ex-aliados ressentidos. Mas também pode ser indício de percepção negativa entre grupos interessados nas questões ambientais.     

Onipresente no varejo da política, nos temas de atacado Robinson é um enigma a decifrar. Sabe-se que, sob seu comando, a Assembléia promoveu atividades culturais, mas ignora-se o que ele pensa sobre cultura. Conhecemos o projeto Cidadão sem Fome, que trocava notas fiscais por comida, mas não o ideário do autor sobre as questões sociais. Vemos e revemos a estampa do deputado na mídia, mas não lemos suas idéias sobre agricultura, indústria, infraestrutura, geração de emprego, serviços públicos, desenvolvimento e outros temas caros ao interesse popular.

A esse déficit de imagem, somam-se outros, mais comezinhos porém relevantes num tempo de política espetacularizada. Robinson tem baixo carisma, discurso frio e dificuldades no trato com as câmeras e os microfones. Como agravante, a jovialidade um tanto forçada, que, se faz algum efeito estético, é de efeito duvidoso na construção simbólica de sua imagem. Talvez ele devesse repensar o figurino. Rebaixar o talhe de tiozinho e acentuar os signos de maturidade. Seria um modo de harmonizar essência e aparência, realizando o delicado equilíbrio que é a chave da mistificação bem-sucedida. E sem mistificar(-se) direito, nenhum político tem futuro.

Qual dessas pontes foi a mais cara? Foi a do Brasil: houve superfaturamento

Sem querermos entrar no mérito da questão de importância para cada localidade onde foram construídas as pontes abaixo, ou mesmo sua beleza arquitetônica, mas assusta o custo total de R$ 1,099 bilhão usado para construir a ponte Rio Negro, que liga Manaus à cidade vizinha de Iranduba. A obra mede três mil e 600 metros.

Ok. Mas como o blog gosta de contestar certos absurdos, vamos comparar outras pontes grandiosas construídas mundo afora.

Na Venezuela, temos a maior ponte da América Latina, com 11 Km de extensão feita pela Odebretch, que também faz algumas obras aqui. É chamada de Ponte Mercosul. Custou 990 milhões de dólares. O detalhe é que além de quatro pistas, ainda tem um trilho abaixo para o trem passar.

Isso sem falar da maior ponte do mundo, na China, chamada  Qingdao Haiwan que tem 42 km de extensão e custou 3.6 bilhões de reais.

Nós achamos uma ponte com características semelhantes à brasileira (já que também tem 400 metros de trecho suspenso), porém menor no comprimento. A ponte é a Thuan Phuoc e fica no Vietnã. Tem quase 2 km de extensão e 42 milhões de dólares. Infelizmente o Brasil descobriu um jeito de desviar recursos que é muito perigoso, que é desenvolvendo o próprio país.

Vivaldo Costa e João Maia disputam direção da Caern

Os comentários que circulam nas esquinas de Caicó e nas redações das emissoras de rádio são de que os deputados Vivaldo Costa (estadual) e João Maia (federal) disputam a indicação da nova direção estadual da Caern.

Rosalba é quem vai decidir.

Robinson Faria vai a Brasília participar de evento nacional do PSD

O vice-governador Robinson Faria irá amanhã a Brasília participar do evento que consolidará a bancada do PSD na Câmara dos Deputados. A legenda já conta com 57 parlamentares. O deputado federal Fábio Faria será o vice-líder do PSD na Câmara.

Os peessedistas deverão marcar para os próximos dias um encontro com a presidente Dilma Rousseff. “Será toda bancada do PSD. Vamos conversar com a presidente Dilma, será um bate-papo sobre política”, disse Fábio Faria.

Senado aprova redução do prazo máximo de sigilo para documentos públicos

Após meses de polêmica em torno da possibilidade de sigilo indefinido para documentos sob custódia do Estado, o Senado aprovou nesta terça-feira (25) o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 41/10, conhecido como Lei de Acesso às Informações Públicas. A proposta foi aprovada na forma definida pela Câmara dos Deputados para restringir o número de prorrogações do prazo previsto de sigilo. De acordo com o texto, o prazo total poderá chegar, no máximo, a 50 anos.

O texto original apresentado pelo Executivo previa a possibilidade de prorrogações sucessivas do sigilo de documentos classificados como ultrassecretos. Depois das alterações na Câmara, o senador Fernando Collor (PTB-AL) apresentou substitutivo que, embora previsse como regra uma única prorrogação, restabelecia a opção de prorrogações indefinidas para garantir a segurança do Estado. A proposta alternativa de Collor foi rejeitada também nesta terça, antes da aprovação do texto enviado pela Câmara.

Justiça do Rio nega habeas corpus a PM acusado de matar juíza Patrícia Acioli

A Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) negou o habeas corpus impetrado em favor do policial militar Daniel Santos Benitez Lopes, um dos acusados de assassinar a juíza Patrícia Acioli, na madrugada do dia 12 de agosto. A juíza foi morta a tiros, em uma emboscada quando chegava na casa dela, em Piratininga, bairro da região oceânica de Niterói.

Embora a decisão do desembargador Valmir de Oliveira Silva, relator do processo, tenha sido tomada no dia 18, somente hoje (25), quase uma semana depois, o Tribunal de Justiça divulgou a negativa. Ao solicitar a concessão de habeas corpus, a defesa do policial militar (PM) alegou que ele está suportando “constrangimento ilegal” decorrente da decisão que determinou a transferência dele do Batalhão Especial Prisional (BEP) para o Presídio Bangu 8, “sem observar o devido processo legal”, uma vez que a defesa não foi ouvida. O advogado sustentou, ainda, que não há “risco concreto de fuga” do PM.

Justiça bloqueia bens do deputado Poti Júnior

A jornalista Eliana Lima informa que a situação ficou complicada para o deputado Poti Júnior, que pretende voltar para a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante. O juiz Odinei Draeger, da 1ª Vara Cível do município, deferiu o pedido de liminar solicitado pelo Ministério Público e indisponibilizou os bens do deputado.

Quantia suficiente para ressarcir R$ 264.744,00, correspondente à soma dos valores indicados na petição inicial. Caso haja contestação, tempestivamente, concedeu prazo para alegação até o dia 3 de novembro.

Por 4 a 1, STJ reconhece casamento civil entre pessoas do mesmo sexo

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deu provimento ao recurso especial no qual duas mulheres pediam para serem habilitadas ao casamento civil.

No início do julgamento, na última quinta-feira, quatro ministros votaram a favor do pedido. O ministro Marco Buzzi, último a votar, pediu vista. Ao apresentar seu voto na sessão desta terça-feira (25), Buzzi levantou um questão de ordem recomendando que o caso fosse levado a julgamento na Segunda Seção, que reúne os ministros das duas Turmas especializadas em direito privado.

Por maioria de votos, a questão de ordem foi rejeitada. Prosseguindo no julgamento do mérito, o ministro Buzzi acompanhou o voto do relator, ministro Luis Felipe Salomão, dando provimento ao recurso.

O ministro Raul Araújo, que já havia acompanhado o voto do relator, mudou de posição. Ele ponderou que o caso envolve interpretação da Constituição Federal e, portanto, seria de competência do Supremo Tribunal Federal (STF). Por essa razão, ele não conheceu do recurso e ficou vencido.

Professores da UFRN apresentam à Governadora projetos para a implantação da Internet Banda Larga

A governadora Rosalba Ciarlini recebeu na manhã desta terça-feira (25), professores da UFRN que foram apresentar o Programa Rede Giga Natal e o projeto Mandacaru Digital, ambos com a proposta de aumentar a velocidade da internet utilizada na estrutura administrativa do Estado, utilizando a Banda Larga.

A Rede Giga Natal é uma rede metropolitana de alta velocidade, construída numa estrutura de fibra ótica. “Atualmente nós temos 43 km de fibra ótica passando em importantes trechos aqui da nossa cidade, que permite a interligação de instituições de ensino, instituições de pesquisa, UFRN, UERN, em fim, uma estrutura que permite interconexão em alta velocidade”, explicou o professor da UFRN Edson Moreira, coordenador da Rede Giga Natal.

Rosalba Ciarlini garantiu que o Governo do Estado vai aderir ao consórcio da Rede Giga Natal, trazendo a Banda Larga primeiramente para a estrutura da administração estadual. “É um projeto inovador, de modernização, que vai chegar a todo o Estado. Nós já estamos preparando a licitação para implantação do projeto em Natal e na região metropolitana. Nós vamos aproveitar a fibra ótica, que já existe para levar internet rápida, eficiente, interligando todos os órgãos do Estado”, disse a Governadora.

Brasil não tem nenhum preso por lavagem de dinheiro

O diretor do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional do Ministério da Justiça (DRCI-MJ), Ricardo Saadi, disse nesta terça-feira que dos 512 mil detentos no país, apenas 76 pessoas estão presas pelo crime de corrupção, sendo que nenhuma delas foi por lavagem de dinheiro. A maioria, segundo Saadi, foi condenada por roubo e furto.

A informação foi dada durante audiência pública da Comissão de Segurança Pública e Comabte ao Crime Organizado, promovida para discutir mudanças na atual legislação que trata do crime de lavagem de dinheiro.

Saadi defendeu a aprovação do Projeto de Lei 3443/08, que altera a Lei de Lavagem de Dinheiro (9613/98). Segundo ele, com isso, o país passa a ter uma legislação de terceira geração porque acaba com crimes específicos antecedentes. Pela proposta, qualquer crime passa a ser antecedente. “Já houve épocas em que a pessoa só poderia responder por crime de lavagem de dinheiro, caso fosse traficante de drogas”, explicou.

Rosalba e Carlos: Não temos nada contra Paulo. Vamos preservar nossa amizade

Conforme o blogue antecipou, desde ontem à noite, o casal Carlos Augusto Rosado e Rosalba Ciarlini receberam hoje para um almoço na residência oficial o casal Nelter Queiroz e Luciana Mota. Tudo azul entre eles. Conversa boa e agendado um novo encontro para a próxima semana.

Sobre o ex-secretário Chefe da Casal Civil Paulo de Tarso: Não temos nada contra ele. Nossa amizade é a mesma e gostaria muito de preservá-la. Encontraremos-nos brevemente. Opinião unificada de Carlos e da Rosa dita a Nelter Queiroz que fez às vezes de bombeiro.

INSS reformulará perícia médica para evitar distorções na concessão de auxílio-doença

O trabalho da perícia médica do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será reformulado a partir do ano que vem, para melhorar o atendimento aos beneficiários e dar mais segurança ao processo de concessão das licenças. A mudança foi anunciada hoje (25), pelo presidente do órgão, Mauro Hauschild, em reunião do Conselho Nacional de Previdência Social.

O objetivo é reduzir o número de idas dos segurados a uma agência da Previdência para a avaliação do tempo da licença médica. Além disso, o INSS quer filtrar os pedidos de auxílio-doença e até mesmo as concessões para avaliar se há distorções na concessão de benefícios. De acordo com Hauschild, as estatísticas vêm mostrando que há uma tendência de pessoas desempregadas usarem o auxílio-doença como uma espécie de auxílio-desemprego, “o que seria uma concessão inadequada e uma distorção”.

Casa Esperança de Caicó ainda não alugou o prédio para as Lojas Insinuante

O blogue recebeu a informação de que o prédio onde ainda está funcionando a Casa Esperança não bateu definitivamente o martelo para alugar o local aos proprietários das Lojas Insinuantes como foi noticiado. O negócio ainda está em andamento como também para outros interessados que desejarem alugar o prédio. Só existe uma certeza: A Casa Esperança continuará funcionando no mesmo local até que o ponto seja alugado. E poderá encerrar suas atividades ainda este ano quando completou 70 anos atuando no comércio de Caicó.

Nova oposição do Rio Grande do Norte reunida em Brasília

A posse da ex-deputada Ana Arraes amanhã no Tribunal de Contas da União poderá reunir, pela primeira vez, a nova oposição do Rio Grande do Norte.

Confirmadas as presenças da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), das deputadas Sandra Rosado (PSB) e Fátima Bezerra (PT).

O vice governador Robinson Faria também é esperado na capital federal. Menos pelo PSB e mais pelo PSD.

É amanhã também que o partido do prefeito Kassab  anuncia o tamanho de sua bancada na Câmara;  56 deputados federais, a terceira maior da Casa.

Deu em Laurita Arruda

TRE diploma Cássio Cunha Lima como senador pela Paraíba

O Tribunal Regional da Paraíba entregou, na tarde desta terça-feira (25), o diploma de senador eleito a Cássio Cunha Lima (PSDB). A entrega aconteceu durante sessão do pleno da corte. O próximo passo dele agora é posse no Senado Federal. O tucano acredita que isso deve acontecer ainda nesta semana.

Cássio disse que viaja nesta quarta-feira a Brasília e a expectativa é de tomar posse ainda amanhã ou no máximo na quinta-feira. Ele enfatizou que não acredita em tentativa de protelação por parte da mesa diretora do Senado. O senador diplomado afirmou que se isso acontecer será um “atentando à democracia”.

Secretário-chefe do Gabinete Civil e Consultor Geral do Estado são empossados por Rosalba

O auditório da Governadoria, no Centro Administrativo, recebeu na manhã desta terça-feira (25) secretários de Estado, imprensa e autoridades para a solenidade de posse dos novos auxiliares da governadora Rosalba Ciarlini. Na ocasião, foram apresentados o novo secretário-chefe do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho, antigo secretário de Administração da atual gestão, e o consultor-geral do Estado, José Marcelo Ferreiro Costa, que ocupava o cargo de Procurador-Geral Adjunto do Estado. Ambos tiveram suas nomeações publicadas por decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta manhã.

 A governadora ressaltou a qualidade dos auxiliares, destacando as grandes atuações e forte experiência nas áreas em questão. Além disso, a governadora disse que continua com o sentimento de fazer o RN cada vez maior. “Faremos o RN mais forte com a ajuda do novo secretário-chefe e consultor-geral do Estado. Cada um tem um jeito de trabalhar, mas já foram testados em vários postos da administração pública. Tenho certeza que vamos formar uma boa equipe”, comentou a governadora.

Ex-prefeito de São Bento do Norte é novamente condenado por improbidade

Suspensão de direitos políticos e proibição de contratar com o poder público por cinco anos, além do ressarcimento de mais de R$ 28 mil aos cofres do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Essas são as penalidades resultantes de uma ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) contra o ex-prefeito de São Bento do Norte Geraldo Assunção Pereira. Com essa, o ex-gestor contabiliza três condenações por improbidade, proferidas pela Justiça Federal potiguar somente em 2011.

A última sentença é decorrente de dispensa indevida de licitação praticada por Geraldo Pereira para adquirir itens da merenda escolar destinada à execução do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja), no ano de 2005. Na ação, de nº 0010605-34.2009.4.05.8400, o MPF/RN apresentou relatório de fiscalização da Controladoria Geral da União, demonstrando que o então prefeito de São Bento do Norte deixou de realizar licitação para adquirir alimentos no montante de R$ 28.125,00, o que supera o limite legal para a dispensa do procedimento.

Rosalba Ciarlini anuncia novo secretário de Recursos Hídricos

A governadora Rosalba Ciarlini anunciou no final da manha desta terça feira (25), o novo secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

Quem assume a pasta é Gilberto Jales, que deixa a Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara).

“A governadora já tinha conversado sobre o assunto e prontamente aceitei. Fico lisonjeado, pois é uma oportunidade de contribuir efetivamente com o governo do RN”, disse o novo secretário da Semarh.

14% das filiações ao PSD estão irregulares

Recém-criado, o Partido Social Democrático (PSD) nasce grande não apenas em tamanho, mas também em problemas. A legenda do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, surge com 144.384 filiados. Desses, 48 são deputados federais no exercício do mandato, o que faz com que o novo partido já estréie como a terceira maior bancada da Câmara, ao lado do PSDB.

Mas nem tudo, no momento, está cem por cento certo nesse nascimento. Das 144 mil filiações, 14%, ou 19.741, estão sub-júdice. É possível que a maioria dos problemas seja apenas formal. Em muitos casos, a pessoa está filiada ao PSD e a outro partido ao mesmo tempo, e deve comprovar a regularidade da situação, informou a assessoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O secretário-geral do partido, o ex-deputado Saulo Queiroz, lembra que muitos filiados encaminharam a documentação em papel porque o sistema de computador do TSE na semana passada “travou”.

Do Congresso em Foco

Chegada de Robinson na oposição pode mudar planos de Wilma

Praticamente isolada na oposição ao governo Rosalba Ciarlini (DEM), a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) tinha a candidatura a prefeita de Natal como praticamente única alternativa para salvar seu partido e o grupo oposicionista. Mas, com a chegada do grupo do vice-governador Robinson Faria (PSD) o cenário mudou.

Fortalecida, a oposição deverá se unir em torno de um projeto para 2012 com projeções para 2014, como já informou Robinson. Esse projeto contemplaria uma aliança entre PSB, PSD, PT, PDT e PCdoB. O representante do grupo para a disputa do ano que vem é Carlos Eduardo.

Já para 2014, Wilma e Robinson começam a ser cotados para disputar o Senado e o governo, respectivamente. É de conhecimento público que Faria tem o sonho de governar o estado e que Wilma pretende ser senadora. Hoje, no grupo de oposição, ele tem condições de viabilizar esse projeto, principalmente se Rosalba continuar enfrentando a rejeição que enfrenta hoje.

Polícia Rodoviária Estadual realizará Projeto Educação no Trânsito em Caicó

O 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE) lançará, na quinta-feira (27), às 10h, o Projeto Educação no Trânsito, durante evento realizado no auditório do 6º BPM de Caicó.

Segundo o tenente Flávio Amorim, o público-alvo inicial inclui crianças entre oito e doze anos, da rede pública municipal e estadual. Estão sendo organizadas dez aulas com temas específicos, além do aprendizado prático, onde os alunos conhecerão situações cotidianas, normas de trânsito e as infrações mais comuns.   

“Esse será um projeto-piloto, que será apresentado à governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que mostrou interesse em ampliá-lo”, disse o tenente Amorim. A expectativa é de que o Poder Executivo possa viabilizar a confecção das cartilhas do projeto.

A expectativa do comandante do 3º DPRE, major Francisco Borges da Silva Neto, “é conscientizar as crianças, para que esses cidadãos em formação tenham consciência de como se comportar em via pública, bem como na relação entre condutores e pedestres”.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Os votos de Francielli

Pensando bem: Ultrapassando as divisas de Caicó aonde é que a fisioterapeuta Francielli Lopes tem alguma base eleitoral para conquistar voto para o seu sonho

Leia Mais

Quando Deus quiser

As prefeituras de Currais Novos, Guamaré, Cruzeta, Timbaúba dos Batistas e de… … Antecipam para amanhã, sexta feira, 29, o pagamento referente ao mês de

Leia Mais