Dia: 7/05/2011

Sucessão municipal em Caicó: João Maia fecha com o PMDB

O blog soube que deputado federal seridoense João Maia (PR) está fechado com o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) com o ministro da Previdência Garibaldi Filho (PMDB) com o deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) e com o ex-deputado estadual Álvaro Dias (PMDB) em relação a eleição municipal de 2012.

Todos vão com um mesmo candidato. É mole? Quem será o candidato?

Nelter Queiroz quer transparência do PMDB na divisão de fortuna

Depois de revelar que o Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB recebe do fundo partidário quase R$ 5 milhões por mês, o deputado estadual Nélter Queiroz, pediu hoje durante entrevista ao programa Registrando, ajuda a imprensa para cobrar transparência da legenda na divisão dessa fortuna com os diretórios estaduais e municipais de todo o país.

Nélter explicou que como os deputados são obrigados a prestar contas da verba indenizatória, os partidos também têm que detalhar as despesas para que todos possam tomar conhecimento como está sendo gasto o dinheiro público. Ele quer saber quanto recebe o PMDB do Rio Grande do Norte e qual o valor destinado aos diretórios de Natal, Caicó, Currais Novos, Parnamirim, Assu e os demais municípios.

Chupando o dedo

Depois de revelar que os maiores partidos no Estado como PMDB, DEM, PSB e até PT, são comandados por famílias que defendem seus interesses e suas conveniências, o deputado estadual Nélter Queiroz, desconfia que esse tipo de reforma não é bom para a democracia. Ele afirmou que “o bom para a democracia é a reforma política acontecer para aquele que tem mais votos seja eleito e morreu Maria Preá”.

Na visão do deputado Nélter Queiroz que está no sexto mandato, “o sentimento do povo é de eleger os mais votados, mas infelizmente as estratégias dos grandes partidos é de fazer tudo dentro de suas conveniências e deixa o povão chupando o dedo”.

Pacto com Álvaro Dias

Apesar de afirmar que existe o sentimento de disputar uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de 2014, o deputado estadual Nélter Queiroz, do PMDB, revelou em Assu que fez um pacto com ex-deputado estadual Álvaro Dias que hoje assinou a ficha de filiação ao PMDB e está retornando ao partido que lhe projetou na política do Seridó e do Rio Grande do Norte.

Segundo Nélter, “o pacto que fiz com o ex-deputado Álvaro Dias em Caicó e na região do Seridó, é de que a gente vai disputar cargos diferentes em 2014”. Ele destacou que foi o primeiro a convidar Álvaro a se filiar ao PMDB e lamentou por não poder estar presente a filiação dele. “A gente vai disputar uma candidatura diferente uma da outra. Ele talvez para federal e eu para estadual, ou eu para federal e ele para estadual”, destacou.

Rompimento de Ronaldo com Ivan

Depois de afirmar que “a verdade tem que ser dita mesmo que o ex-prefeito Ronaldo Soares talvez queira dizer que não existe isso”, o deputado estadual Nélter Queiroz, do PMDB, que na campanha passada obteve mais de 3 mil votos em Assu, disse acreditar que “o motivo número Um do rompimento de Ronaldo Soares com Ivan Júnior, foi porque o prefeito se recusou a declarar apoio a reeleição de George Soares em 2014”.

Segundo Nélter, tudo começou porque Ivan ou os amigos do prefeito passaram a conversar sobre a possibilidade dele disputar o mandato de deputado estadual nas eleições de 2014, “ai então Ronaldo queria que Ivan anunciasse agora que apoiaria George daqui a quatro anos. Eu acho que Ivan não tinha que anunciar nada e Ronaldo errou nesse ponto”.

Por Valderi Tavares

Governadora prestigia posse da Fecam ao lado do vice-presidente da República, Michel Temer

Na manhã deste sábado, 07, a governadora Rosalba Ciarlini participou da solenidade de posse do novo presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte – Fecam, o vereador Edivan Martins. Na ocasião, o vice-presidente do Brasil, Michel Temer, prestigiou o evento com uma palestra sobre reforma política.

Para o vereador Edivan Martins, atual presidente da Câmara Municipal do Natal, o momento é de modernizar, capacitar e fortalecer as câmaras municipais de todo o estado. “Fortalecendo as atividades do parlamentar municipal, consolidamos ainda mais a democracia. Através da Fecam podemos fazer um trabalho ainda melhor em prol dos municípios”, disse Edivan Martins. 

A governadora Rosalba Ciarlini frisou que parcerias com os municípios só vêm a somar no produto final da administração política do Brasil. “Os vereadores são quem têm contato direto com os munícipes, muitas vezes recebendo-os na porta da sua casa; essa missão é muito importante, pois a vida é um acontecimento local. Queremos cada vez mais que os vereadores do Rio Grande do Norte se fortaleçam e se capacitem de maneira organizada”, disse a governadora.

Henrique Alves não garante candidatura de Roberto Germano à prefeito de Caicó

De uma fonte de Coturno Alto que circulou nesta semana pelos corredores do poder em Brasília:

– O deputado federal e presidente do diretório estadual do PMDB no Rio Grande do Norte, Henrique Eduardo Alves, já convidou e tornará a convidar o ex-prefeito e suplente de deputado estadual Roberto Germano (PC do B) para se filiar a legenda.

Mas…

– Como uma alternativa de candidatura a prefeito de Caicó nas eleições do próximo ano. Henrique não irá bater o martelo e garantir: você será o nosso candidato! Dirá: você será uma de nossas alternativas.

Eu aposto meus “eggs”.

Aliado de Álvaro Dias convencido de que Roberto Germano não será o candidato a prefeito de Caicó pelo PMDB

De um aliado de Coturno Alto do ex-deputado estadual Álvaro durante a solenidade de filiação deste ao PMDB:

– Nunca que o ex-prefeito e suplente de deputado estadual Roberto Germano será candidato a prefeito de Caicó pelo PMDB. Ele botou muita banca. Depois da solenidade de filiação do ex-deputado estadual Álvaro Dias ao PMDB estou convencido que o quadro mudou. O candidato será outro. A chapa já tem cabeça. E não será Roberto Germano.

Roberto Germano decepciona bacurau caicoense

O ex-prefeito de Caicó Roberto Germano (PC do B) compareceu, mas não convenceu durante a solenidade de filiação do ex-deputado estadual Álvaro Dias ao PMDB hoje em Natal. Mais uma vez esquivou-se do convite feito pelo deputado federal e presidente estadual da legenda Henrique Eduardo Alves para se filiar ao PMDB. Com um tímido “vou pensar” Roberto voltou a decepcionar os eleitores bacuraus de Caicó.

Teve bacurau que exclamou com indignação: esse aí, nem Jesus descendo do céu fará ele se filiar ao PMDB. Ele botou um rei na barriga. Mas, ele está enganado. Seu chá está sendo cuado.

Vixe!

Michel Temer fala sobre fim dos puxadores de votos no VII Encontro de Vereadores

Durante o VII Encontro Estadual de Vereadores, o vice-presidente da República, Michel Temer, falou sobre a reforma política, em discussão no Congresso Nacional.

Um dos pontos polêmicos é a forma como serão eleitos os vereadores e deputados (distritais, estaduais e federais). Para o vice-presidente, deve haver uma mudança no atual modelo de votação proporcional, no qual candidatos com poucos votos conseguem se eleger com a ajuda de puxadores de voto.

Temer sugeriu o modelo chamado “distritão”, no qual os mais votados são os eleitos, independentemente de partido ou coligação. Esse sistema eliminaria a figura do chamado puxador de votos e provocaria a extinção das coligações, embora que “um sistema só dificilmente será possível”. O vice-presidente ponderou até sobre a junção do “distritão” com a lista fechada, onde o eleitor vota no partido, que já terá definido uma lista de candidatos pré-ordenada.

Com a presença de lideranças do PMDB, Álvaro Dias assina filiação

O ex-deputado Álvaro Dias assinou sua ficha de filiação ao PMDB (foto: Rosivan Amaral), neste sábado (07), com a presença de lideranças do PMDB nacional e estadual, além de correligionários seridoenses.

Marcaram presença na cerimônia o vice-presidente da República, Michel Temer, o líder do PMDB na Câmara, Henrique Alves, o ministro Garibaldi Filho e os deputados do partido na Assembleia Legislativa. A Câmara de Caicó foi representada pelos vereadores Leleu Fontes, Miltão Batista, Almir Filho, Sandoval da Silva e Lobão Filho.

Repetindo o discurso de retornar à legenda onde começou sua vida pública, Álvaro disse “estar se sentindo em casa” na sede estadual do PMDB, em Natal.

Já Michel Temer brincou dizendo que pensava até que Álvaro ainda seria do PMDB, tendo em vista sua firme aliança política com o deputado federal Henrique Alves.

Convite

Henrique voltou a insistir com o ex-prefeito de Caicó, Roberto Germano, a quem convidou publicamente para também se filiar ao PMDB. Na concepção do parlamentar, Germano seria um grande nome para disputar a prefeitura de Caicó, em 2012.

Chegou o remédio para “homem”

Brincadeirinha que circula no mundo livre da Internet:

Nesses tempos de união gay reconhecida pelo STF apareceu um remédio que poderá ser usado para quem interessar: o Homem.

Tanto pode ser tomado por heterossexuais como por homossexuais. Na mesma proporção.  

Quem se habilita?

Arquidiocese afasta padre acusado de atentado ao pudor contra criança

O padre José Irineu da Silva, acusado de atentado ao pudor contra um menino de 10 anos, em Ipanguaçu, foi afastado de suas funções pela Arquidiocese de Natal. A Igreja divulgou uma nota ontem, informando que o pároco está suspenso de todas as atividades sacerdotais, além de se colocar à disposição das autoridades para ajudar nas investigações.

De acordo com a Polícia, o caso teria ocorrido no último dia 28, na localidade de Arapuá, zona rural de Ipanguaçu. Em depoimento, a mãe da vítima disse que se preparava para participar da primeira eucaristia na capela de São José Operário, na localidade, quando o religioso teria cometido o crime, tocando em partes íntimas do menino. “Só não aconteceu o pior porque o meu filho correu”, disse.

Por Valderi Tavares

Michel Temer chega ao encontro de vereadores

O vice-presidente da República, Michel Temer, acaba de chegar ao Hotel Praiamar, em Natal, onde está sendo realizado o VII Encontro de Vereadores do RN, numa promoção da FECAM, na manhã deste sábado (07). Temer falará sobre a reforma política, que tramita no Congresso Nacional.

Ele chegou acompanhado pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM), pelo ministro da Previdência Garibaldi Filho e pelo líder do PMDB na Câmara, Henrique Alves. Prestigiam o evento, ainda, os senadores José Agripino e Paulo Davim.

Também prestigiam o evento o presidente da Câmara de Natal e da FECAM<, Edivan Martins, o vice-governador Robinson Faria, a prefeita Micarla de Sousa, o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta, e da FEMURN, Benes Leocádio.

Vereadores do Seridó

Representando a Câmara de Caicó, estava presentes ao evento o presidente Leleu Fontes, os vereadores Lobão Filho, Sandoval da Silva, Miltão Batista e Almir Filho.

Também acompanharam a comitiva caicoense os presidentes José Dinovan (São Fernando) e Diego Macedo (Ipueira), além de outras cidadees da região.

E nós que pensávamos que inflação nunca mais na história desse país… aí veio o PT e ela estourou…

Quando uma manchete (deste sábado) é igual nos dois maiores jornais, das duas maiores capitais do Brasil, não é uma conspiração midiática. É um fato incontestável. A Dilma,com a sua incompetência, em apenas quatro meses de governo, conseguiu “estourar” a meta da inflação. A pergunta que fica é: ainda há tempo para impedir que o Brasil mergulhe naquele caos inflacionário que a gente acreditava que nunca mais na história deste país?

Manoel Torres também não abonará ficha de filiação de Roberto Germano ao PMDB

O ex-prefeito de Caicó e ex-deputado estadual, Manoel Torres, uma das últimas reservas morais da política do Rio Grande do Norte negou-se em abonar a ficha de filiação do ex-deputado estadual Álvaro Dias ao PMDB.

E sobre uma possível filiação do ex-prefeito Roberto Germano ao partido, Manoel Torres teria reagido veementemente: essa é que eu não abono mesmo! Nem ele me pedindo de joelhos!!!

Médica caicoense é única premiada na América Latina por trabalho na área materno-infantil

A médica infectologista Carolina Damásio, filha do médico caicoense Oberdan Damásio, encontra-se no país africano do Mali, onde participa de um trabalho na área materno-infantil.

Com pesquisas na área de humanização do parto, Carolina foi premiada pela ONG americana ASHOCA, entre dezesseis profissionais pelo mundo, e única na America Latina. Ela até escreveu o livro “A Arte de Nascer”, mesmo título do seu blog, que deverá ser traduzido para a língua francesa.

Carolina já apresentou sua experiência em outros países, como Índia e Gana. Em breve, a caicoense estará no Canadá. Aliás, para quem desejar acompanhar essa cidadã do mundo pode acessar www.aartedenascer.blogspot.com.

Reforma política pode não sair este ano, diz Temer

O vice-presidente da República, Michel Temer, deu o primeiro sinal nesta sexta-feira, 6, de que o governo já considera a hipótese de a reforma política não sair do papel este ano. Durante palestra sobre o tema, organizada pela Associação Comercial de São Paulo, Temer disse que se o Congresso não aprová-la este ano será porque os parlamentares simplesmente chegaram à conclusão de que o atual sistema não deve ser mudado.

“Eu sinto um certo arrefecimento, ou seja, começam a surgir dificuldades para tramitar a reforma política, então os colegas dizem: ‘vamos deixar como está’. E se deixar como está, não acho bom. Como todos anseiam por uma reforma política, seria útil que fizesse, mas se deixar como está, não se pode criticar o Congresso”, afirmou. 

(Comentário meu: Se não sair este ano não sairá no próximo, quando haverá eleições municipais. Nem no ano seguinte, véspera de da escolha do futuro presidente da República e dos futuros governadores, senadores e deputados. De verdade, não haverá reforma. Talvez nem arremedo de reforma.)

De Noblat

Partido do “troca-troca”

Já comentamos aqui como o PSD nasce com DNA essencialmente governista. A novidade, que depõe mais ainda contra a recém-criada legenda, é que seu futuro estatuto terá uma cláusula garantindo que não será exigido na Justiça o mandato dos parlamentares que, no futuro, trocarem a sigla por outra. Não é um simples detalhe.

Contrariando o próprio entendimento do TSE, que estabelece condições específicas para um político trocar de partido e manter seu mandato, a decisão de Gilberto Kassab transforma o PSD num “trampolim” em potencial, dando um caráter imediatista e de curto prazo à agremiação. Com a brecha, muita gente pode entrar hoje no PSD já pensando em sair amanhã sem sofrer nenhuma punição.

Sem identidade ideológica e programática definidas, os “sociais democráticos” gozarão de outro privilégio: segundo informou a senadora Kátia Abreu (ex-DEM-TO) à Folha de São Paulo, o partido não vai fechar questão para votações no Congresso. Com isso, os parlamentares poderão votar livremente, conforme suas opiniões e interesses pessoais. Muito conveniente, mas abre margem para todo tipo de casuísmo. O PSD será o partido do vale-tudo?

Do Observatório DN

Henrique Alves receberá Rosalba e primeiro-damo em jantar

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Alves, receberá a governadora Rosalba Ciarlini, e seu esposo Carlos Augusto Rosado, para um jantar neste sábado (07).

No cardápio, certamente, muita política. Já que Rosalba vive uma realidade de ser a última governadora do Democratas, diante de um PSD que começa a tomar musculatura no Brasil e no estado.

Comissões vão debater combate ao turismo sexual no Brasil

Foi aprovada esta semana na Comissão de Turismo e Desporto (CTD) da Câmara a solicitação apresentada pelo deputado federal Fábio Faria, para que representantes das pastas de Segurança Pública ou de Defesa Social do Rio Grande do Norte, de Pernambuco, do Pará e do Ceará participem do seminário que discutirá o turismo sexual no país. Os secretários de Turismo desses Estados já haviam sido convidados.

No evento, que será realizado pela CTD e pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), serão debatidas medidas de combate ao turismo sexual no Brasil. Segundo Fábio Faria, o assunto é de extrema relevância e deve ser tratado não só pelos órgãos ligados ao turismo, mas pelos setores de inteligência dos Estados, que devem trabalhar em parceria a fim de combater a prática.

O seminário contará com a presença dos ministros do Turismo, Pedro Novais, e da Justiça, José Eduardo Cardozo; das secretárias de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes, e de Direitos Humanos, Maria do Rosário; e do presidente da Embratur, Mário Moysés. A data para o evento ainda será definida.

Vivaldo Costa: No PMDB, Álvaro é o líder. Roberto Germano, o soldado

Em entrevista à Rádio Rural de Caicó, o deputado estadual Vivaldo Costa falou sobre sua relação com o novo partido, o PSD, o governo estadual, as obras para o município e começou avaliando o atual quadro político de Álvaro Dias e Roberto Germano.

Álvaro Dias

É um grande líder político. Ninguém pense o contrário. Álvaro cometeu um grande erro político, na hora que deixou o PMDB e partiu para o PDT. Álvaro nunca foi esquerdista. Ele agora volta para ser o bacurau-chefe do Seridó. Ele é chefe do PMDB e assume mesmo, porque ele é competente. Nessa avaliação eu pergunto como fica [o deputado estadual] Nelter Queiroz que ocupou, quando Álvaro cometeu o erro, um espaço imenso. Mas Nelter não tem a cara do PMDB do Seridó, Álvaro tem. E agora readquire as condições de chefe supremo do bacurau do Seridó.

Roberto Germano

O PCdoB como partido não existe em Caicó. O Seridó não tem tradição de comunista. Então, se Roberto ficar no partido comunista, não tem condições nem de disputar a eleição. Ele vai ter que vir para o PMDB ou para o PR. E João Maia está fazendo um trabalho para ele ir para o PR. E eu aproveito para convidar Roberto Germano para ir para o PSD.

Roberto seria como um soldado dentro do PMDB? O senhor acredita que as chances de Álvaro Dias ser candidato seriam maiores?

Roberto não é líder. Roberto foi prefeito, é um populista. Eu não tenho nada contra Roberto. Ao contrário, quem deu oportunidade a ele de entrar na vida pública foi Vivaldo Costa. Levei Roberto para o Hospital do Seridó, onde foi meu assessor durante seis anos e se tornou o vereador mais votado de Caicó. E já havia feito antes ele secretário de Dadá. Mas ele não tem a cara do PMDB, quem tem a cara do PMDB é Manoel Torres e Álvaro Dias. Para se eleger, Roberto vai ter que vir para o PMDB ou vai para o PR, aliás, para ter condições de disputar. Se ele ficar no partido comunista, está morto. Roberto não tem nada de comunista, como Álvaro Dias não tinha cara de PDT. Quem tem cara de esquerda em Caicó é Gilberto Costa, do PT, e José Rangel (PV). Esses dois podem sair com chapa, um prefeito e o outro vice. É esse o segmento dito progressista de Caicó.  

E Roberto aceitando esse convite, poderia ser o candidato do PR?

Pode ser o candidato do PR, do PMDB. E se ele vier para o PSD, poderá ser o candidato.

O senhor ainda não tem um candidato a prefeito de Caicó, embora o seu partido esteja nascendo forte. Há essa possibilidade?

Nós temos cinco nomes: Nilma Rodrigues, Raquel Araújo, Verônica Alcântara, além de Sílvio Filho e Ualison Costa. Temos ainda o padre Ivanoff Pereira e o padre Antenor Salvino. E até Batata, a quem eu vou fazer de tudo para filiar ao PSD. Rosalba Ciarlini e Vivaldo Costa, pegando um nome bom que não tenha rejeição, a gente elege o prefeito de Caicó.

O senhor fez uma parceria política com João Maia, mas que agora acaba. O que gerou isso?

O Papa se encantou com a Rosa, deixou de votar com Iberê Ferreira, rompeu com o governo, correu todos os riscos e apoiou Rosalba.

O senhor espera acabar a parceria no meio de comunicação de sua propriedade (Rádio Caicó AM)?

Eu nunca exigi que a Rádio Caicó fizesse uma linha de promoção do meu trabalho. Talvez seja até um erro político, mas eu nunca exigi que endeusasse Vivaldo Costa.

Isso significa que a parceria deve continuar?

A rádio é muito bem administrada por Suerda Medeiros. É um fato inegável. Quando eu penso em arrendar ou vender, passa pela presença de Suerda Medeiros.

O presidente estadual do PSD, o vice-governador Robinson Faria, gosta de comunicação. Ele poderia arrendar a rádio?

A preferência é de João Maia, por uma questão de ética, é vender ou arrendar a ele. Se não der certo, Robinson é uma das possibilidades. Se não quiser, tem quem queira.

A população está reclamando que a governadora tem feito pouco, embora ela tenha afirmado que pegou um estado em dificuldades financeiras enormes. E como o senhor vê a possibilidade de o Seridó receber esses benefícios do governo do estado?

Rosalba está organizando o estado. E se ela fizer para Caicó o que está programado na área de Saúde, vai fazer o que ninguém fez. Por exemplo, colocar o Hospital Regional para funcionar com plantão de urgência e emergência, colocar a UTI para funcionar, colocar o tratamento do doente mental, ajudar a instalar a Liga do Câncer, ajudar o Hospital do Seridó a manter a UTI neonatal, a UPA. O saneamento básico de Caicó, ela já mandou para a Assembleia Legislativa, que autorizou o empréstimo de R$ 24 milhões para o serviço. Com isso, começa o primeiro ano com nota dez.   

De que maneira o senhor pretende pleitear uma ajuda para a Casa do Estudante de Caicó, que há anos vem passando por necessidades, e também para o setor cultural?

 Eu coloquei a diretoria da Casa em contato com a SETHAS, e relataram a situação, em especial a falta de alimentos, e ficou acertado que o secretário tomará as providências. A secretária de Infra-Estrutura, Kátia Pinto, fez uma vistoria na Casa e quer fazer a reforma. E nós vamos ajudar a legalizar da instituição.

Há a possibilidade de que sejam construídas as adutoras dos distritos da Palma e Laginhas, bem como da comunidade Barra da Espingarda?

Eu já estive com o prefeito Bibi Costa, numa oportunidade com o secretário de Recursos Hídricos, que é o vice-governador Robinson Faria. Depois estive em outra audiência com o vereador Nildson Dantas, quando fomos recebidos para cobrar pressa. Na hora, Robinson disse à equipe técnica que queria um estudo de viabilidade o mais rápido possível.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Fafá Rosado está sem pressa

Segundo contam lá de Mossoró, a ex-prefeita Fafá Rosado (ainda no PMDB) não tem pressa para definir o futuro político. Ela vai ganhando tempo para

Leia Mais

Os privilegiados do RN

Cerca de 400 servidores do Rio Grande do Norte possuem supersalários que se igualam aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal. São os privilegiados.

Leia Mais