1 milhão de brasileiros tiveram voos atrasados ou cancelados; saiba seus direitos

A pandemia atingiu em cheio o setor aéreo no mundo todo, e no Brasil não foi diferente. Mesmo com o aumento da vacinação contra Covid-19, dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) mostram que, em março de 2021, foram transportados 3,2 milhões passageiros no mercado doméstico, comparado com os 5 milhões de um ano antes.

Mesmo com menos passageiros, mais de 1 milhão de brasileiros tiveram problemas com voos atrasados ou cancelados de janeiro a maio deste ano, de acordo com levantamento da AirHelp. A pesquisa aponta que 170,4 mil passageiros foram afetados por cancelamentos e outros 864,9 mil foram impactados por atrasos.

Isso significa que uma em cada 13 pessoas que partiram de aeroportos brasileiros tiveram problemas com voos atrasados ou cancelados no período analisado. Colocando na ponta do lápis, por dia, mais de 6,9 mil passageiros brasileiros tiveram algum empecilho para chegar ao destino da viagem.

Quase 3.300 passageiros tiveram que esperar mais de quatro horas no Aeroporto de Guarulhos para embarcar. Já no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, o atraso prolongado atingiu 2.200 passageiros.

“Havia a expectativa de que o número [de atrasos e cancelamentos] fosse cair proporcionalmente com a pandemia. Seria mais fácil evitar esses tipos de problemas, mas o que observamos é que está se mantendo a média de anos anteriores”, explica Lyz Busi, especialista em direitos do passageiro aéreo da AirHelp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias